Aberto da Bélgica: Bruna Takahashi se classifica para as quartas do individual sub-21

02/11/2017 17:47
Valendo vaga nas semifinais, brasileira vai encarar a alemã Yuan Wan
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 02/11/2017
 
Foto: ITTF
 
Bruna Takahashi está a dois passos da final do torneio individual sub-21 do Aberto da Bélgica - etapa Challenge do Circuito Mundial da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF). Nesta quinta-feira (2), a brasileira venceu as duas partidas que teve no dia e se garantiu nas quartas de final da competição. Classificada, Bruna vai encarar a alemã Yuan Wan, nesta sexta-feira (3), às 6h (horário de Brasília).
 
Na estreia pelo torneio sub-21, a brasileira teve de enfrentar a italiana Veronica Mosconi. Ela venceu a adversária por 3 sets a 1 e as parciais foram: 7/11, 11/8, 11/7 e 11/8. Pelas oitavas de final, o duelo foi contra Xuan Zhang, da Espanha. Bruna derrotou a espanhola por 3 a 1 (11/7, 11/6,  4/11 e 11/9).
 
No adulto, Bruna Takahashi acabou parando no segundo desafio. Primeiro, pelos 32 avos de final, ela encarou a bielorrussa Alina Nikitchanka e a superou por 4 a 3, com parciais de 11/8, 11/13, 11/7, 8/11, 9/11, 11/5 e 12/10. Na fase seguinte, Bruna lutou muito, mas foi derrotada pela sueca Jennifer Jonsson por 4 a 2. As parciais foram: 11/7, 11/9, 11/13, 13/11, 11/13 e 11/9.
 
Na competição individual masculina, o dia não foi bom para os brasileiros. Eric Jouti e Thiago Monteiro tiveram de se despedir da competição, ambos caíram nos 16 avos de final. O primeiro caiu diante do alemão Patrick Franziska por 4 a 1, com parciais de 9/11, 11/5, 11/1, 11/2 e 11/6, já o segundo foi batido pelo sul-coreano Donghyun Kim por 4 a 0 (12/10, 12/10, 11/6 e 11/7).
 
Os dois brasileiros já haviam ido à mesa no dia. Na estreia, pelos 32 avos de final, Eric venceu o belga Adrien Rassenfosse por 4 a 0 (12/10, 11/4, 11/3 e 11/3). Enquanto isso, Thiago passou pelo francês Leo De Nodrest por 4 a 1, com parciais de 11/4, 11/9, 9/11, 11/9 e 11/7.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br