Aberto da Eslováquia: Seleção paralímpica garante ao menos três medalhas individuais

11/05/2016 18:12
Danielle Rauen, Jennyfer Parinos e Carlos Carbinatti estão nas semifinais. Outros três brasileiros seguem nas disputas
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 11/5/2016
 
A seleção paralímpica garantiu ao menos três medalhas no primeiro dia de disputas individuais do Aberto da Eslováquia, etapa fator 40 do Circuito Mundial, que está sendo disputada em Bratislava. Danielle Rauen e Jennyfer Parinos, na Classe 8/9 feminina, e Carlos Carbinatti, na 10 masculina, avançaram nesta quarta-feira (11) às semifinais e já garantiram o bronze. Bruna Alexandre (10), Welder Knaf (3) e Israel Stroh (7) também poderão ir ao pódio nesta quinta (12), quando serão conhecidos os campeões.
 
Danielle Rauen (9ª colocada do ranking mundial) e Jennyfer Parinos (12ª) já asseguraram ao menos o bronze na Classe 8/9. As duas tiveram campanhas parecidas: estrearam com derrota, mas se recuperaram em seguida para avançarem às semifinais.
 
No Grupo A, Jennyfer caiu diante da turca Neslihan Kavas (3ª) por 3 a 0 (11/5, 11/5 e 11/8). Na sequência, derrotou a tailandesa Wachirapom Thermoya também em sets diretos (11/8, 11/6 e 11/6), garantindo a classificação.
 
Já Danielle, no Grupo B, perdeu para a polonesa Karolina Pek (4ª) – 3 a 1 (7/11, 11/4, 11/6 e 11/8) –, mas chegou às semis ao bater a tailandesa Sumalee Suangtho (15ª da 8) por 3 a 0, parciais de 11/4, 11/2 e 11/4.
 
Nas semifinais, Jennyfer enfrentará a turca Kavas, enquanto Danielle terá pela frente a polonesa Pek.
Carlos Carbinatti (18º) também levará ao menos o bronze na Classe 10. Pela fase de grupos, o brasileiro surpreendeu na primeira rodada o cabeça de chave Ivan Karabec (8º), vencendo o tcheco por 3 a 2 (11/8, 8/11, 11/6, 7/11 e 11/6). Na sequência, bateu o tailandês Bunpot Sillapakong (25º) também por 3 a 2 (11/8, 10/12, 20/22, 11/8 e 11/6).
 
A liderança do grupo, no entanto, ficou com o britânico Kim Daybell (110º), que derrotou o paulista por 3 a 1 (12/10, 5/11, 11/8 e 11/6). Carbinatti enfrentará nas semifinais o austríaco Krisztian Gardos (12º).
 
Mais pódios à vista
 
No grupo único da Classe 10, Bruna Alexandre (3ª) estreou com vitória por 3 sets a 0 (11/2, 11/9 e 11/4) sobre a turca Ümran Ertis (7ª). A brasileira, que na semana passada levou a prata individual e por equipes no Aberto da Eslovênia, disputará as duas últimas rodadas nesta quinta, contra as australianas Melissa Tapper (4ª) e Andrea McDonnell (13ª).
 
Welder Knaf (9º) chegou às quartas de final da Classe 3 de forma invicto. Na fase de grupos, foram três vitórias: 3 a 2 (11/6, 11/13, 10/12, 11/6 e 12/10) sobre o austríaco Egon Kramminger (17º), 3 a 0 (12/10, 11/3 e 11/5) no tcheco Petr Svatos (43º) e 3 a 0 (11/2, 11/4 e 11/9) diante do tailandês Paitoon Sae-Jew (55º).
 
Nas oitavas, o brasileiro passou pelo sul-coreano Young-Ill Jeyoung (16º) por 3 a 1, parciais de 8/11, 11/4, 11/7 e 11/9. Seu adversário nas quartas de final será o francês Florian Merrien (4º).
 
Na Classe 7, Israel Stroh (13º) está nas quartas de final. O brasileiro venceu na estreia o tailandês Yuttana Namsaga (31º) por 3 a 1 (11/5, 11/9, 7/11 e 11/8). Na sequência, caiu diante do tcheco Daniel Horut (12º) por 3 a 0 (11/7, 11/9 e 11/5), mas garantiu a classificação ao derrotar o japonês Kazuya Kaneko (28º) por 3 a 2 (8/11, 6/11, 11/9, 11/7 e 12/10).
 
Stroh disputará uma vaga nas semifinais com o espanhol Jordi Morales (5º).
 
Eliminações
 
Os outros dez brasileiros que disputam o Aberto da Eslováquia já se despediram dos torneios individuais. No feminino, Thais Severo (24ª) e Joyce Oliveira (9ª) caíram na fase de grupos das classes 3 e 4, respectivamente.
 
Entre os homens, Aloisio Lima (10º), na Classe 1, Guilherme Costa (21º) e Iranildo Espíndola (15º), na 2, e Diego Moreira (31º), na 9, foram eliminados nas oitavas de final. David Freitas (27º), Claudiomiro Segatto (15º), Paulo Salmin (15º) e Luiz Filipe Manara (23º) pararam ainda na etapa de grupos.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/TMBrasil
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br