Aberto da Rep. Tcheca: Calderano avalia campanha positivamente: 'Joguei muito bem'

31/08/2017 12:07

Brasileiro salientou que atuação lhe dá confiança para próximos desafios na temporada

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 31/08/2017

Foto: Jan Brychta / ITTF

Após conquistar dois bronzes - um no individual e outro nas duplas -, Hugo Calderano ficou satisfeito com o que apresentou no Aberto da República Tcheca, que aconteceu na última semana. O brasileiro ressaltou que conseguiu bons resultados diante de adversários complicados e ainda encarou de igual para igual dois jovens jogadores que estão se destacando no circuito mundial.

 

"Fiquei muito feliz com minha participação. Acho que joguei muito bem. Consegui ganhar do (japonês Kenta) Matsudaira, que é um jogador que está bem regular entre os melhores do mundo e de um chinês (Li Yijie), que nunca é um jogo fácil. Ainda joguei contra dois atletas bem jovens e promissores. Venci o Lin Yu-Jun, de Taipei, e acabei perdendo para o (japonês Tomokazu) Harimoto, mas, no geral, foi uma campanha muito boa", avaliou.

 

Calderano ressaltou que teve chances de bater Harimoto - que acabou se sagrando campeão ao vencer o alemão Timo Boll na final - e chegar à decisão pelo lugar mais alto do pódio.


"Contra o Harimoto, poderia ter ganho. Poderia ter fechado o jogo no "vai a dois"  no último set. Ninguém o vê mais como um atleta novo, que está chegando. Ele já é um dos melhores do mundo e, com certeza, vai ser um jogador muito forte e perigoso contra todo mundo. Já bateu atletas do topo do ranking mundial", disse.

 

Para o brasileiro, os resultados positivos neste início de temporada lhe dão ainda mais confiança para os próximos desafios que terá pela frente, como os compromissos pelo Ochsenhausen, na Alemanha, o Pan-Americano de Tênis de Mesa, que acontece entre os dias 13 e 17 de setembro, e o Aberto da Áustria, entre 19 e 24 de setembro:

 

"Claro que foi muito bom começar a temporada com bons resultados. Mostrei que a pré-temporada está fazendo efeito. Vou chegar com bastante confiança, principalmente para o Aberto da Áustria, que é será uma competição muito forte".

 

Calderano aproveitou para avaliar também a dupla que fez com o francês Simon Gauzy, de quem é companheiro no Ochsenhausen Esta foi a primeira vez em que atuaram juntos em uma competição.

 

"Jogamos bem. Temos um estilo de jogo bem diferenciado. É muio difícil para os adversários saberem o que vamos fazer. Somos bem imprevisíveis. E vamos ver se, no futuro, vamos jogar de novo, mas acho que foi uma boa estreia", afirmou. 

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br