Aberto do Brasil: Mais jovem do torneio, Giulia Takahashi avança para a fase principal do Sub-21

04/05/2017 17:52
Irmã de Bruna Takahashi, de 12 anos, não se intimidou e bateu atletas bem mais experientes para chegar às quartas de final
 
Alexandre Araújo e José Augusto Assis, de São Paulo (SP) - 4/5/2017
 
Foto: Christian Martinez/CBTM/ITTF
 
A atleta mais jovem de todo o torneio. Ter uma definição como essa poderia gerar receio à Giulia Takahashi, de apenas 12 anos, no Aberto do Brasil - etapa Challenge do Circuito Mundial da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), mas não foi o que aconteceu. Disputando pela primeira vez um torneio Sub-21, a jovem foi para cima de suas adversários, venceu dois de três jogos disputados e avançou para as quartas de final do campeonato.
 
A classificação foi conquistada, nesta quinta-feira (4), com a segunda colocação do Grupo 2. A atleta derrotou as brasileiras Brenda Amaral por 3 sets a 0 (11/4, 11/6 e 11/5) e Luana Katsumata pelo mesmo placar com as parciais de 11/9, 11/8 e 11/7. Ela foi superada apenas pela brasileira Martina Kohatsu - primeira colocada do Grupo 1 - por 3 a 1 (7/11, 11/9, 11/8 e 12/10).
 
Para Giulia, disputar esses torneios muito acima de sua categoria está sendo positivo e, além disso, avançar para as quartas foi uma grata surpresa.
 
"Eu estou ganhando mais experiência por estar jogando o Sub-21 e o Adulto. Eu estou muito feliz, porque eu nunca imaginei que eu iria já jogar um torneio Sub-21 e passar de fase", disse a irmã de Bruna Takahashi, que almeja mais:
 
"Quero tentar ganhar! Conseguir conquistar um pódio, quem sabe uma final..."
 
Tendo de enfrentar mesatenistas mais experientes, Giulia conta que teve de se preparar bastante e que cada partida exige um grande esforço para sair com a vitória.
 
"Eu estava treinando todo dia . É bom ser a mais nova, pois eu entro sem pressão. Mas eu sempre tenho que entrar dando o meu máximo para sair com um bom resultado", afirmou.
 
Classificada, Takahashi volta à mesa nesta sexta-feira (5) para encarar Lívia Lima, às 15h (horário de Brasília), em partida válida pelas quartas de final do torneio de simples sub-21 feminino. Caso avance, ela pode cruzar com a irmã Bruna Takahashi na semifinal. Para isso, a outra Takahashi terá de passar por Daniela Yano em jogo com o mesmo horário do confronto de Giulia.
 
O Aberto do Brasil - etapa Challenge acontece até domingo, no centro de treinamento paralímpico de São Paulo, na Rodovia dos Imigrantes KM 11,5, s/n - Vila Guarani. O ingresso para o público é gratuito.
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br