Aberto do Kuwait: Hugo Calderano tem grandes momentos, mas acaba superado por Xu Xin

19/03/2016 09:11

Após conquista do título sub-21, brasileiro cai diante do número três do mundo por 4 a 1

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 19/3/2016

Menos de quatro horas depois de conquistar o título sub-21 do Aberto do Kuwait, Hugo Calderano voltou à mesa para enfrentar uma pedreira pelas oitavas de final do torneio adulto: o chinês Xu Xin, ex-número um do mundo e atual terceiro colocado na lista. O brasileiro (58º) teve grandes momentos na partida, realizada na manhã deste sábado (19), mas acabou superado por 4 sets a 1 (11/8, 9/11, 11/9, 11/1 e 11/6), encerrando sua participação na etapa da série Super, a mais importante do Circuito Mundial.

Apesar do revés, Calderano foi muito elogiado pelo técnico da seleção brasileira, Jean-René Mounie.

“Nunca podemos ficar satisfeitos com uma derrota, mas podemos tirar muitas coisas positivas desse jogo. Durante três sets, o Hugo jogou de igual para igual. Isso já é um grande desempenho, se compararmos o nível e a experiência de cada um”, disse o técnico francês, que destacou ainda a postura do comandado à mesa.

“Gostei da forma como o Hugo agiu e construiu os pontos. Ele propôs um estilo ambicioso e sempre tentou seguir esse caminho: ativo na recepção, na terceira bola etc.”, completou.

Calderano havia vencido três partidas antes de chegar às oitavas. Pelo qualifying, o carioca de 19 anos superou o japonês Tonin Ryuzaki – 4 a 1 (11/3, 9/11, 11/8, 11/6 e 11/2) – e o jordaniano Khaled Khader (828º) – 4 a 0 (11/6, 11/4, 11/3 e 11/5). Na primeira rodada da chave principal, a vítima foi o local Salem Al-Hasan, derrotado em sets diretos (11/8, 11/6, 11/6 e 11/6).

Apesar da eliminação no torneio adulto, Calderano fez história no Kuwait ao conquistar seu segundo título sub-21 na carreira. O atual campeão pan-americano e já garantido nos Jogos Olímpicos Rio 2016 também havia levado o ouro no Japão, há dois anos.

Outro representante brasileiro no Kuwait, Cazuo Matsumoto (123º) não conseguiu avançar à chave principal adulta. Após vencer o saudita Ali Alkhadrawi (392º) por 4 a 0 na primeira rodada do qualifying, ele foi derrotado por Kwan Kit Ho (74º), de Hong Kong, por 4 a 2 (11/6, 11/6, 10/12, 11/3, 9/11 e 11/7).

Calderano disputará a partir da próxima quarta (23) o Aberto do Qatar, etapa também da série Super. Ele será o único brasileiro na competição.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/TMBrasil
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br