Aberto Infantil/Juvenil do Paraguai: Depois de grande Sul-Americano, Brasil compete com 13 atletas em Assunção

23/03/2017 12:11

Dos atletas brasileiros que estarão na competição, oito disputaram o Campeonato Sul-Americano Infantil e Juvenil

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 23/03/2017

Foto: ULTM

A base da seleção brasileira terá mais um desafio pela frente! Depois de ter feito excelente campanha no Campeonato Sul-Americano Infantil e Juvenil, que foi realizado em Assunção, no Paraguai, nossa garotada vai embalada para disputar a Aberto Infantil e Juvenil do Paraguai, país esse que foi sede da competição sul-americana. Ao todo, serão 13 brasileiros (10 meninos/3 meninas), sendo que 8 estavam no torneio em que o país conquistou todos os títulos possíveis nas duplas e nas equipes - dez ouros. O Aberto começa nesta quinta-feira (23) e termina no domingo (26). 
 
Kenzo Carmo, Siddharta Almeida, Luiz Anjos, Eduardo Tomoike, Carlos Ishida, Beatriz Kimoto, Livia Lima e Giulia Takahashi são os representantes que estiveram no Sul-Americano. Lauro Sebold, Sergio Bignardi e Joon Shim se juntam a eles para defender o país no Aberto do Paraguai.
 
Nesta quinta-feira, a competição começa com as disputas por equipes. O Brasil terá sete times competindo em quatro categorias: Giulia/Beatriz no infantil feminino; Daniel/Kenzo e Andre/Joon no infantil masculino; Livia/Isabelle Xiong (Canadá) no juvenil feminino; e Carlos/Eduardo, Siddharta/Luiz e Sergio/Lauro no juvenil masculino.
 
Nas competições individuais, os brasileiros terão de passar por uma fase de grupos. No mirim (ou mini-infantil, de acordo com a nomenclatura usada pelo prospecto do evento) masculino, que é para atletas com até 13 anos, Joon Shim divide o Grupo 2 com dois paraguaios: Alejandro Valdez e Federico Saavedra.
 
No infantil feminino, Giulia Takahashi está no Grupo 6 com a paraguaia Rebeca Cuenca e com a chilena Valentina Rios, enquanto Beatriz Kimoto está no Grupo 7 ao lado das atletas da casa, Astrid Chenu e Lujan Ferreira.
 
O Grupo 2 do infantil masculino tem o brasileiro Daniel Godoi que terá de enfrentaro argentino Facundo de León e o paraguaio Jorge Riveros. Joon Shim também joga a categoria e caiu no Grupo 8 com o sueco Jens Holmqvist e o argentino Christian Azcoaga. 
 
Ainda no infantil masculino, Andre Murchie vai encarar o chileno Esteban Nannig, o sueco Love Iwarsson e o argentino Fausto de León pelo Grupo 9. Pelo 10, Kenzo Carmo vai à mesa contra o paraguaio Elias Apud, o argentino Matias Guadalupe e o sueco Edvard Nelly.
 
No torneio juvenil feminino, Giulia e Beatriz também estarão em ação. A primeira está no Grupo 4 com a argentina Candela Pérez, com a chilena Claudia Infante e com a paraguaia Karimi Apud, enquanto a segunda divide o Grupo 5 com a argentina Muriel Rajmil, com a chilena Macarena Montecino e com a paraguaia Isabella Carillo. Livia Lima está no 6 ao lado de Aldana González, da Argentina, Valentina Ríos, do Chile, e Leila Girala, do Paraguai.
 
A competição individual juvenil masculina terá nove brasileiros. Carlos Ishida está no Grupo 2 com o paraguaio Hugo Rolón, o argentino Ivan Cieza e o uruguaio Santiago Bernardez.  No 4, Siddharta medirá forças com Terence Yeung (Canadá), Jeremias Paredes (Chile) e Luiz Narvaes (Paraguai).
 
Kenzo Carmo e Daniel Godoi estão nos grupos 6 e 7, respectivamente. Enquanto o primeiro atleta enfrentará o argentino Santiago Tolosa, o paraguaio Bruno Barni e o sueco Marcus Ericsson, o segundo vai encarar Leandro Fuentes, da Argentina, Sergio Ohara, do Paraguai, e Jens Holmqvist, da Suécia.
 
Na mesma categoria, Sergio Bignardi compõe o Grupo 8 com Linus Karaenen (Suécia), David Leon (Paraguai) e Santiago Lorenzo (Argentina); Lauro Sebold divide o Grupo 9 com o paraguaio David Socias, com o chileno Denys Fierro e com o argentino Alexis Orencel. No Grupo 10, Luiz Anjos enfrenta Rodrigo Baez, do Uruguai, Sebástian López, do Paraguai, e Matias De Vicenzo, da Argentina.
 
O Grupo 11 tem o brasileiro Eduardo Tomoike, o chileno Matias Pedraza, o paraguaio Agustin Ocampos e o argentino Luciano Alto. Já no 13, Andre Murchie enfrenta o chileno Fabian Albornoz, o paraguaio Jose Lovera e o argentino Christian Azcoaga.
 
Os torneios por equipes começam a ser disputados nesta quinta-feira e vão até sexta-feira (24). No sábado (25), as competições individuais terão início e os campeões serão conhecidos no domingo (26), data de encerramento do Aberto do Paraguai.
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br