Aberto Juvenil da Eslovênia: Brasileiros batem na trave e se despedem nas equipes

20/09/2017 18:11
Siddharta Almeida e Guilherme Teodoro, ao lado do lituano Medardas Stankevicius, venceram uma partida e perderam a outra
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 20/09/2017
 
Foto: ITTF
 
No Aberto Juvenil da Eslovênia, os brasileiros lutaram, mas foram eliminados na primeira fase no torneio de equipes. Siddharta Almeida e Guilherme Teodoro, que formaram parceria com o lituano Medardas Stankevicius, bateram o time Hungria/Romênia, mas perderam para a união Inglaterra/Egito/Rússia e não conseguiram avançar na competição.
 
Contra Hungria/Romênia, a equipe Brasil/Lituânia conseguiu a vitória por 3 jogos a 2. Teodoro foi o primeiro a ir à mesa e bateu Mihai Pop por 3 sets a 1 (11/7, 6/11, 11/4 e 11/8). Depois, Medardas perdeu para David Molnar por 3 sets a 1 (16/14, 11/9, 6/11 e 11/8). Siddharta venceu Norbert Nagy por 3 a 2 (11/8, 14/12, 4/11, 2/11 e 11/7) e colocou o time que tinha os brasileiros na frente novamente. O lituano Medardas retornou e foi derrotado por Mihai por 3 a 2 (6/11, 12/10, 8/11, 12/10 e 12/10), mas Teodoro venceu David Molnar por 3 a 2 (4/11, 11/5, 4/11, 11/8 e 11/2) e assegurou o triunfo.
 
Na segunda rodada, o adversário foi a parceria entre Inglaterra/Egito/Rússia. Medardas abriu a contagem contra Youssef Abdel-Aziz e perdeu por 3 sets a 0 (11/7, 14/12 e 11/3), porém, Siddharta bateu Wing Kwan 3 a 1 (11/13, 11/9, 11/6 e 11/7). Teodoro deixou a equipe dos brasileiros na frente ao derrotar Aleksandr Krakovskii por 3 a 1 (12/14, 11/8, 12/10 e 11/9). Inglaterra/Egito/Rússia voltaram a igualar o placar quando Youssef superou Siddharta por 3 a 1 (12/10, 7/11, 11/4 e 11/8). No último duelo, Medardas perdeu para Kwan por 3 a 0 (15/13, 12/10 e 11/6).
 
No torneio individual, os brasileiros estreiam na sexta-feira (22). Siddharta está no Grupo 6, com o eslovaco Stefan Peko, o húngaro Norbert Terek e esloveno Rok Trtnik. Já Guilherme Teodoro integra o Grupo 12, ao lado do romeno Cristian Chirita, o esloveno Aljaz Frelih e o chileno Fabian Albornoz.
 
Siddharta e Guilherme ainda vão atuar no torneio de duplas, que começa no sábado (23).
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br