Atletas do Diamantes do Futuro têm período de treinamentos em SP

29/01/2018 15:32

Jovens mesa-tenistas paralímpicos se reúnem em busca de aprendizado e aperfeiçoamento

 

FOTO: Lucas Carvalho, de Pernambuco, é um dos atletas que participarão do treinamento.

Crédito: Arquivo Pessoal – Lucas Carvalho

 

Rio de Janeiro (RJ), 29 de janeiro de 2018.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

 

O tênis de mesa paralímpico brasileiro terá sua primeira atividade na temporada 2018. Um grupo de jovens atletas de sete estados (Amazonas, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Santa Catarina e São Paulo) estará reunido de 12 a 16 de março, no Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, para um período de treinamentos. A programação faz parte do programa Diamantes do Futuro, que visa à detecção e lapidação de talentos por todo o país.

Sob a supervisão e coordenação do técnico Alexandre Ghizi, os treinamentos já têm 15 atletas confirmados. Segundo Ghizi, são mesa-tenistas nascidos a partir de 1996 e que se destacaram principalmente na temporada passada no Campeonato Pan-Americano de Jovens, em São Paulo, na Paralimpíada Escolar e em todos os eventos da própria CBTM.

E a observação é cuidadosa.

“A intenção destes nossos encontros é de despertar nos atletas interesse em técnicas e de eles trocarem conhecimentos. A gente observa o ano inteiro. É um trabalho gratificante e essencial para a renovação do tênis de mesa paralímpico”, ressalta o coordenador.

Alexandre Guzhi exalta o talento dos participantes do Diamantes do Futuro. Segundo ele, “todos têm potencial e talento”. Entre eles, o exemplo mais recente é Lucas Carvalho, de Pernambuco. O mesa-tenista paralímpico já foi convidado para integrar a Seleção Brasileira.

Além destes 15, outros atletas poderão participar. São mesa-tenistas com pouca visibilidade, que não estejam presentes em competições nacionais da CBTM. Todos estes passarão por avaliação da comissão técnica. Os atletas habilitados terão seus nomes publicados em Nota Oficial, em 5 de março. Estes atletas e técnicos deverão arcar com as próprias despesas (alimentação, transporte e hospedagem).

Outra recomendação da direção do Centro Paralímpico Brasileiro é de que todos os participantes tomem a vacina contra a Febre Amarela com 10 dias de antecedência à chegada em São Paulo. 

Confira a lista dos 15 atletas convocados para este treinamento (entre parênteses, a categoria):

Allana Maschio (09) - SC

Ana Paula Sartoretto Cordeiro (11) - PR

Gabriel de Oliveira Antunes (10) – SC

Gabriel Takechi Campos Oi (07) – SP

Guilherme Aparecido de Andrade Rocha (05) – SP

Gustavo Alexandre Laskosky (08) - SC

Leonardo Arnold Corrêa (06) – SC

Lethicia Rodrigues Lacerda (08) – GO

Lucas dos Santos Carvalho (09) – PE

Lucas Fagundes Grilo (08) – SP

Lucas Wolter Hansen (11) - SC

Maria Laura de Freitas Reis (03) – MG

Marlison Henrique da Silva Alfaia (06) – AM

Millena França dos Santos (07) – GO

Paulo Henrique Gonçalves Fonseca (07) – SC

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - (21) 98414-2743

Márcio Menezes – (21) 98107-6162

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                             

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa