Brasileiro de Inverno: Cátia Oliveira se emociona com título da Classe 2 após tempo afastada

20/05/2016 16:43

Mesatenista da seleção paralímpica esteve se tratando de um problema no ombro

Matheus Quelhas e José Augusto Assis, de Fortaleza (CE) - 19/5/2016

Cátia Oliveira (Associação Nova Era de Tênis de Mesa-SP) sagrou-se campeã da Classe 2 do Campeonato Brasileiro de Inverno 2016, em Fortaleza (CE), após uma bela final com Carla Azevedo (AABB Brasília/Rizzone-DF), vencida por 3 a 2 – parciais de 11/7, 7/11, 9/11, 11/6 e 11/5.

Para a paulista, o título veio com sabor especial. Com uma carreira meteórica, ela conquistou o título parapan-americano da Classe 2 e garantiu a vaga nos Jogos Paralímpicos da Classe 2 em agosto de 2015. Depois disso, no entanto, teve de enfrentar uma árdua batalha contra um problema no ombro.

“Eu passei esses últimos meses lutando com essa lesão, mas Deus é maravilhoso e colocou duas pessoas na minha vida. Sem elas eu poderia perder não só esse Brasileiro, mas meu maior sonho, que são as Paralimpíadas. Então esse título é para a fisioterapeuta Carolina Savioli e para a doutora Giovana Medina”, declarou Cátia, emocionada, após a decisão.

O duelo contra Carla colocou frente à frente duas invictas na competição – e sem perder sets nas duas partidas iniciais. Azevedo vinha de um bom resultado: o título no primeiro torneio do ano, a Copa Brasil em Brasília (DF). Por isso, o grande embate não surpreendeu os torcedores presentes.

“A final foi realmente um teste para cardíaco, contra a Carla que também é uma ótima jogadora. No começo eu fui bem, mas depois dei algumas vaciladas. Felizmente consegui colocar a cabeça no lugar e acertar meu jogo para sair campeã”, analisou Cátia.

Além da questão física, a campeã parapan-americana ainda sofreu por ver todos os colegas de seleção brasileira embarcarem para um período de três semanas na Europa, onde disputaram os Abertos da Eslovênia e da Eslováquia, que reuniram os melhores do mundo – um teste de ouro antes do Rio 2016.

“Foi difícil ficar de fora. No dia do embarque eu fui lá dar uma força, mas na hora é complicado. Nós ainda fizemos uma última tentativa, mas não deu para viajar. Mas agora é bola pra frente e treinar muito para chegar preparada para os Jogos”, finalizou a Oliveira.

Completaram o pódio da Classe 2 no Campeonato Brasileiro de Inverno Ana Paula Oliveira (AACD São Paulo-SP) e Fabiula da Silva (ASA Brasília-DF), que caíram nas semifinais e ficaram com o bronze.  

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br