Brasileiro de Inverno: Dupla do Ceará supera dificuldades e é campeã do Veterano 40 masculino

17/05/2016 12:53

João Tavares e Adriano Macedo fizeram uma decisão emocionante contra parceria de Santa Catarina

Matheus Quelhas e José Augusto Assis, de Fortaleza (CE) - 17/5/2016

Adriano Macedo e João Tavares (Liesba/Crajubar TM/Insol-CE) chegaram à decisão do Veterano 40 sem perder sets e, após uma final eletrizante, acabaram campeões, superando todas as dificuldades – triunfo por 3 a 2 (11/8, 7/11, 4/11, 12/10 e 11/5) sobre Marcelo Kotani e Fabio Farias (Associação dos Mesatenistas de Florianópolis-SC).

“É sempre bom jogar em casa né, mesmo não sendo daqui, já conhecemos bem. E essa foi a nossa primeira competição juntos pelo clube”, contou Adriano.

Na semifinal, eles superaram os medalhistas de bronze Francisco Batista e José Dantas (AABB Fortaleza-CE) por 3 a 0 (11/4, 11/8 e 11/6). Na outra semifinal, Ivo Gallindo e Domingos da Silva (Associação dos Mesatenistas Sport Club Recife-PE) foram superados pela parceria catarinense e também ficaram com o bronze.

“Foi uma final muito emocionante e difícil, porque esses dois atletas de Santa Catarina tem um nível elevado e costumam jogar competições lá no estado deles. Começamos bem, levamos a virada, mas depois reencontramos nosso jogo”, analisou Adriano, ainda sobre a decisão.

Vibrando muito, principalmente nos dois últimos sets, João Tavares não escondeu a satisfação por faturar o título após voltar ao esporte, de onde estava totalmente afastado desde o ano passado.

“Jogamos sem cobrança entre nós. Eu estava parado, recebi o convite para jogar e só consegui treinar com a bola de celuloide, quando eu estava de férias, em Belém. Eu nem dormi pensando nisso, mas tive muito apoio do meu parceiro, é uma honra para mim estar jogando com o Adriano”, exaltou o campeão.

Na final, a dupla levou a virada e viu os rivais Marcelo e Fábio crescerem num momento crucial da partida, quando salvaram o match point e empataram o quarto set em 10 a 10. Na sequência, porém, João e Adriano fecharam a parcial e foram com a confiança em alta para buscar a taça.

“Por mais que o jogo tenha ficado difícil, nós conseguimos focar e o quarto set foi realmente decisivo. Foi muita pressão, mas depois que percebemos nosso erro no segundo set e corrigimos, ficou difícil para eles, fomos para fechar o quinto. Agora é nosso e ninguém tira, é do Ceará”, comemorou Tavares.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br