Brasileiro de Inverno: Gustavo Yokota confirma boa fase com título individual no juvenil

22/05/2016 11:33
Atleta vem de duas conquistas no Sul-Americano juvenil, que foi realizado no Paraguai, em março deste ano
 
Matheus Quelhas e José Augusto de Assis, de Fortaleza (CE) - 22/5/2016
 
Gustavo Yokota (São Caetano/ SEEST/ XIOM - SP) confirmou que está vivendo um bom momento. Em Fortaleza (CE), o atleta conquistou o título individual da categoria juvenil do Campeonato Brasileiro de Inverno, neste domingo (22). Antes desse triunfo, o mesatenista já havia levado o ouro individual e por equipes na mesma categoria do Campeonato Sul-Americano juvenil e infantil, no Paraguai, em março deste ano.
 
"Ter ganho o Sul-Americano me ajudou muito. Antes, eu estava desmotivado, vivendo uma má fase, perdia de todo mundo, aí já começaram a me desacreditar. Mas eu nunca deixei de confiar em mim, sempre soube que poderia ganhar novamente. Provei isso ao ter vencido a competição internacional e, agora, o Brasileiro. Graças a Deus, está dando tudo certo", contou o mesatenista.
 
Na final da competição nacional, Gustavo derrotou Siddharta Almeida (Associação Esportiva Lassalista - AM), por 3 sets a 0 (11/9, 13/11 e 11/9) . Os atletas já haviam se enfrentado no Campeonato Brasileiro de 2011, em Fortaleza, quando o vice-campeão ainda era um iniciante.
 
"Eu já sabia que seria muito difícil, o Siddharta melhorou muito. Há cinco anos, estávamos aqui e ele ainda era um iniciante, hoje, ele é um outro jogador, se desenvolveu muito. Foi o adversário mais difícil que eu enfrentei nesta edição. Ele saca muito bem e a recepção dele é muito chata. Tive que ir na raça, vibrei muito a cada ponto, porque ele é perigoso mas, felizmente, consegui ser melhor na partida", elogiou o campeão.
 
Segundo Siddharta, o estilo de jogo do Yokota foi um fator decisivo no decorrer da partida. Além disso, ele fez questão de elogiar o campeão.
 
"Eu costumava treinar com um cateiro no meu clube, mas ele saiu e tive um pouco de dificuldade com o estilo do Yokota. A maioria dos meus pontos foi decidido logo no início, mas também dou os méritos para ele, que tem um nível bom e jogou o que sabe", disse o mesatenista.
 
Mas o jogador não lamenta o resultado. Após ter vencido Eduardo Tomoike (ADR ITaim Keiko/São José dos Campos - SP) nas quartas de final e Guilherme Teodoro (Santa Cecília/ Saldanha da Gama/ LSTM - SP) na semifinal, o amazonense está satisfeito com seu desempenho na competição.
 
"Depois de jogar, no juventude, bem abaixo do que eu esperava, fiquei satisfeito por ter superado dois atletas de seleção brasileira nas quartas e na semifinal, que fizeram a decisão do sul-americano infantil", afirmou.
 
As medalhas de bronze ficaram com Guilherme Teodoro e Enzo Nakashima (Associação Joinvilense de Tênis de Mesa - SC).
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br