Brasileiro de Inverno: Maria Luiza Passos e Sonia Oliveira conquistam o ouro no torneio de duplas da Classe 5

18/05/2016 17:47
Campeãs derrotam Renata Benavides e Thais Severo por 3 sets a 0
 
Matheus Quelhas e José Augusto Assis, de Fortaleza (CE) - 18/5/2016
 
Maria Luiza Passos e Sonia Oliveira (ADFP Paraná - PR) levaram a medalha de ouro na disputa de duplas da Classe 5 no Campeonato Brasileiro de Inverno, em Fortaleza (CE). Nesta quarta-feira (18), as mesatenistas superaram Renata Benavides e Thais Severo (ADFEGO Goiás - GO) por 3 sets a 0 (11/6, 11/8 e 11/6) na final.
 
"Na decisão, nós entramos tranquilas, conseguimos conciliar bem a parceria entre nós duas  e acabou dando tudo certo", disse Sonia.
 
A atleta ainda falou sobre o estilo de jogo das adversárias do jogo decisivo e sobre como a dupla da equipe paranaense teve de se comportar para vencer a partida.
 
"Elas jogam com pino, então você tem de ir para cima na hora da batida na bola, além de ter um retorno diferente. Nós conseguimos contornar isso bem e fechamos legal a disputa", analisou.
 
Segundo Maria Luiza, a dupla campeã jogou bem melhor do que nas semifinais por estar mais concentrada.
 
"No primeiro jogo contra as meninas de Fortaleza, nós entramos um pouco frias e desligadas, mas conseguimos vencer por 3 a 2. Na final, acabamos superando a Thais e a Renata por 3 a 0. Elas são adversárias muito fortes, porém jogamos bem melhor do que nas semifinais e estávamos mais ligadas, por isso vencemos", comparou.
 
As medalhistas de prata tiveram alguns problemas antes da competição em Fortaleza. Renata fez uma cirurgia na vesícula e ficou parada por dois meses, já Thais retornou há pouco tempo da Eslovênia e da Eslováquia, onde disputou Abertos pela seleção. Na volta, ela apresentou quadro de febre.
 
"Foi uma final que não conseguimos fazer o que queríamos, não pudemos dar o nosso melhor. Eu fiz uma cirurgia e fiquei dois meses parada e a Thais estava fora do país e, por isso, também, a gente não pôde treinar juntas, além de ela ter chegado com febre. Por isso, não fizemos o nosso jogo", contou Renata.
 
Segundo Thais, ter voltado de competições em que enfrentou os melhores do mundo não facilitou muito. Além disso, ela promete treinar para uma possível revanche no próximo Brasileiro, que será realizado em Bento Gonçalves (RS), de 1 a 6 de novembro.
 
"Aqui muda tudo, muda mesa, clima, estilo de adversários, parceira, entre outras coisas, aí fica complicado. Mas nós vamos treinar para ter a nossa revanche lá em Bento Gonçalves", afirmou Thais.
 
As medalhas de bronze ficaram com as duplas Naíla dos Santos /Francisca Ferreira (Associação Cearense de Tênis de Mesa - CE) e Fabiula da Silva/ Alana Soares (ASA Brasília - DF).
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br