Brasileiro de Inverno: Marina Michelin e Livia Gomes levam o ouro nas duplas do Absoluto A

18/05/2016 11:34

Mesatenistas do Clube de Campo de Piracicaba (SP) superaram as atuais campeãs na decisão

Matheus Quelhas e José Augusto Assis, de Fortaleza (CE) - 18/5/2016

Na principal categoria de duplas feminina do Campeonato Brasileiro de Inverno 2016, em Fortaleza (CE), Marina Michelin e Livia Gomes (CCP APTM Piracicaba-SP) terminaram campeãs, com vitória por 3 a 0 sobre Carina Murashige e Priscila Salvador (FME Concórdia-SC), que defendiam o título.

“Dupla é sempre muito difícil, porque equilibra, não tem uma dupla muito forte. Às vezes uma parceria regular consegue vencer de uma melhor. Então nós entramos firmes em todos os jogos e conseguimos ganhar no final”, declarou Marina, após o título.  

Logo no início do segundo set, Carina sofreu uma torção no tornozelo, o que causou uma paralisação de cerca de 10 minutos. A oponente conseguiu retornar ao duelo, mas a lesão afetou completamente o desenrolar da partida, segundo Livia.

“Nós entramos com uma tática, mas infelizmente acabou acontecendo isso com a Carina e tivemos que mudar completamente a nossa forma de jogar. Felizmente conseguimos manter o foco e a concentração”, comemorou Gomes.

Do lado da FME Concórdia (SC), nada de baixar a cabeça. Para Murashige, o tornozelo machucado atrapalhou, mas agora é pensar na disputa individual, que começa no sábado (21).

"Isso acaba deixando a gente insegura e perdemos o a concentração, me limitou muito. Fiquei com medo de ter sido algo mais grave, mas como consegui voltar para o jogo, acho que não foi o caso. Agora, vou me cuidar para poder jogar o Individual", disse Carina.

Priscila Salvador, por sua vez, destacou a o grande equilíbrio do duelo valendo a medalha de ouro, mesmo após a paralisação do jogo em razão da torção de sua parceira.

"Nos outros jogos, nós conseguimos entrosar bem, ganhamos com uma vantagem a semifinal. Na final, o primeiro set foi 11 a 9, foi erro básico. No segundo, a Carina machucou, mas mesmo assim foi o mesmo placar do primeiro, no detalhe. No último que tudo desandou, mas sabíamos que seria um jogo difícil, no geral, a gente foi bem", analisou Priscila.  

Com a medalha de bronze terminaram Caroline Kajihara/Jessica Iseri (AOVC/Kenzen/Itu/Juventus-SP) e Jessica Prates/Suellen Batista (Associação Itajaiense).

Para conferir todos os resultados completos, clique aqui.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br