Brasileiro de Inverno: Título vira ‘detalhe’ para Domingos Sávio no Veterano 50

17/05/2016 18:17

Pernambucano exalta alto nível das categorias de veteranos

Matheus Quelhas e José Augusto Assis, de Fortaleza (CE) - 17/5/2016

Domingos Sávio (Associação dos Mesatenistas Sport Club Recife-PE) sagrou-se campeão individual na categoria Veterano 50, no Campeonato Brasileiro de Inverno 2016, em Fortaleza (CE), nesta terça-feira (17). Mas mesmo reconhecendo a importância da vitória sobre Valberto de Almeida (AABB Fortaleza-CE), ele fez questão mesmo é de elogiar a diversidade da competição.

“A participação dos veteranos é muito importante, eu sempre lutei por isso. Antigamente o pessoal evitava, jogava categorias adultas, mas eu sempre falei para a gente jogar sim as nossas categorias, que o nível ia subir”, lembrou Domingos.

Neste primeiro dia de disputas na capital cearense, ele ficou com o título após vitória por 3 a 0 (11/9, 11/5 e 11/9), mas fez questão de exaltar seu adversário.

“Eu achava que enfrentaria o Ademir, mas acabamos nos cruzando na semifinal e eu consegui vencê-lo. O Valberto foi uma surpresa, já que estava muito tempo afastado... É uma motivação para os que estão de fora ver o exemplo dele”, elogiou.

E as palavras de incentivo não foram exclusividade do campeão. O cearense, que também é coordenador da modalidade em seu clube, destacou o histórico do seu adversário.

"Eu fiz a final com um jogador muito experiente e que tem oito títulos brasileiros, foi uma partida muito difícil. Nessa final, já não pude jogar tão bem em razão do cansaço, mas estou satisfeito e feliz pelo resultado que eu obtive", comentou, após a decisão.

Com seu nono título brasileiro entre os veteranos garantido, Domingos relembrou a longa trajetória no esporte e destacou os benefícios de se manter praticando

“Acho que eu tenho mais ou menos 130 eventos nacionais, durante os mais de 35 anos que jogo tênis de mesa. Hoje sou professor de Educação Física, dou mais aula do que treino, mas esse resultado motiva a continuar, também pela qualidade de vida e pela saúde”, concluiu o pernambucano.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br