Brasileiro de Verão: Com jogo entre Cazuo e Hoyama, Concórdia bate Palmeiras e leva Absoluto A

02/11/2016 21:31
Disputa pelo ouro movimentou espectadores, que lotaram as arquibancadas
 
Alexandre Araújo e José Augusto Assis, em Chapecó (SC) - 02/11/2016
 
Foto: Christian Martinez
 
A final por equipes de clubes do Absoluto A masculino do Campeonato Brasileiro SAN-EI de Verão movimentou o Pavilhão 4 do EFAPI, em Chapecó (SC). Com a participação de Cazuo Matsumoto e Hugo Hoyama - dois que estiveram na Rio 2016, o primeiro como integrante da seleção masculina e o segundo como técnico da seleção feminina - as arquibancadas ficaram lotadas e a galera se empolgou. O FME-Concórdia (Cazuo, Danilo Toma, Ademir Silva e Giuliano Peixoto) acabou levando a melhor sobre o São Bernardo/ASA/Palmeiras (Hoyama, Hideo Yamamoto e William Kumagai) ao vencer por 3 a 0 e garantir o ouro. 
 
O primeiro confronto da decisão foi justamente entre Cazuo e Hugo Hoyama. Em jogo em que ambos mostraram muita habilidade, Cazuo conseguiu a vitória por 3 sets a 1, com parciais de 11/7; 11/2; 9/11 e 13/11. Logo depois foi a vez a Danilo Toma encarar Hideo Yamamoto e o duelo, novamente, teve grandes momentos. Toma acabou triunfando por 3 sets a 1 (8/11; 11/8; 11/9 e 11/9). 
 
No jogo que poderia decidir o título a favor do Concórdia, a dupla escolhida foi Cazuo e Danilo Toma, que teve pela frente Hideo e Kumagai. Melhor para Concórdia, que venceu por 3 sets a 1 (5/11; 11/6; 11/6 e 12/10), fechando a partida em 3 a 0 e assegurou o lugar mais alto do pódio.
 
"Enfrentar o Hugo é uma satisfação enorme. Já joguei contra ele algumas vezes, desde que eu tenho 15 anos (risos). Lembro que a primeira vez foi fora de série. Hoje, foi um jogo mais tranquilo, já foi meu parceiro de equipe em clube e seleção... Quase um amistoso entre amigos, né?", disse Cazuo, que completou:

 
"Todo título é importante, com certeza. Tenho jogo nesta sexta, pelo Absoluto A, e depois o Circuito das Estrelas, então, essa competição por equipes foi legal também para que entre bem nesses outros torneios".
 
Para Hugo Hoyama, a equipe do São Bernardo/ASA/Palmeiras atingiu o objetivo inicial que era estar entre os primeiros colocados da competição.
 
"Foi bem legal, em um torneio desse, chegarmos à final. Atingimos o objetivo que era o de chegar ao pódio. O jogo com Cazuo era mais eu pregado. Fizeram eu jogar mais do que deveria (risos), mas foi bem legal. Fomos quietinhos, pelos cantos. Sabíamos que seria difícil, principalmente contra Manaus. Ali era o nosso jogo-chave, mas todo mundo deu sangue e jogou concentrado", lembrou.
 
O técnico da seleção brasileira feminina, com bom humor, ainda brincou com a idade e forma física dele e dos companheiros de equipe:
 
"Experiência, peso... Tudo pesou bastante para o nosso time (risos)".
 
São Caetano/ SEEST / XIOM - SP e Associação Itajaiense- SC completaram o pódio do Absoluto A masculino.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais: 

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.b