Brasileiro de Verão: Santa Catarina bate São Paulo e fica com o ouro no Juvenil masculino

01/11/2016 22:57
Luiz Anjos e Vitor Bibiano foram os comandantes da vitória e ressaltaram a força do adversário, que fez duelo muito equilibrado
 
Alexandre Araújo e José Augusto Assis, em Chapecó (SC) - 01/11/2016
 
Foto: Christian Martinez
 
As seleções estaduais de Santa Catarina (formada por Vitor Bibiano, Luiz Anjos, Felipe Silveira e Douglas Machado) e São Paulo (Guilherme Teodoro, Matheus Shimoki, Pedro Rodrigues e Sergio Bignardi) mostraram força no Juvenil masculino e chegaram à final da categoria, fazendo uma partida bastante acirrada. Mas como apenas um pode ficar no lugar mais alto do pódio, Santa Catarina acabou levando a melhor por 3 a 2.
 
O confronto entre as equipes começou com Vitor Bibiano de um lado e Sergio Bignardi do outro, com vitória do representante catarinense por 3 sets a 0 (11/7; 11/7 e 11/6). Depois, foi a vez de Luiz Anjos encarar Guilherme Teodoro e quem sorriu por último foi a seleção paulista, com o triunfo de Teodoro por 3 sets a 2 (6/11; 11/8; 7/11; 15/13 e 11/8).
 
Nas duplas, Luiz Anjos e Vitor Bibiano voltaram à mesa para encarar Guilherme Teodoro e Pedro Rodrigues e fizeram com que Santa Catarina voltasse a ficar à frente no placar ao conseguirem a vitória por 3 sets a 2 (3/11; 11/7; 16/18; 13/11 e 13/11). Logo depois, um duelo de velhos conhecidos: Bibiano e Teodoro. Em mais um jogo equilibrado, Teodoro bateu o adversário por 3 sets a 1 (11/7; 11/3; 8/11 e 11/6) e fez com que São Paulo igualasse o placar.
 
Na quinta e decisiva partida, Luiz Anjos encarou Sergio Bignardi e, com um triunfo por 3 sets a 0 (12/10; 11/8 e 11/8), garantiu o ouro para o estado da Região Sul do país.
 
"Foi um jogo muito disputado. São Paulo sempre vem forte, mas conseguimos ganhar esse título. Treinamos bastante e chegamos focados para chegarmos ao lugar mais alto do pódio", disse Luis Anjos, que tem opinião parecida com a de Vitor Bibiano sobre o adversário que bateram:
 
"Conseguir vencer o time do São Paulo é bom porque ele sempre chega com um time forte nos campeonatos. Então, sabíamos da dificuldade e treinamos duro para conseguir esse título".
 
A seleção da Federação do Amazonas e da Federação do Paraná completaram o pódio do Juvenil masculino.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais: 

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br