Brasileiros iniciam a participação no Mundial Paralímpico Individual da Eslovênia

16/10/2018 17:26

Seis dos 11 brasileiros fazem seus primeiros jogos nesta quarta-feira. Demais só estreiam na quinta

FOTO: Cátia Oliveira, da Classe 2, será a porta-bandeira da delegação brasileira. Crédito: Vid Ponikvar/Sportida.

 

Celje (SLO), 16 de outubro de 2018.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

Chegou a hora de mostrar a qualidade do tênis de mesa paralímpico do Brasil. Nesta quarta-feira (17), seis brasileiros estreiam no Mundial Individual, no Celje Sports Park, em Celje, na Eslovênia. Outros cinco mesa-tenistas só farão suas primeiras partidas na quinta-feira. Existe a expectativa de uma grande participação brasileira.

A delegação chegou na tarde desta terça-feira na Eslovênia e realizou um breve treinamento no ginásio. Em razão de um problema no voo original que levaria a equipe de São Paulo para Paris, no último sábado (13), foi necessária uma mudança de programação, com a delegação seguindo para Amsterdã e, posteriormente, para Zagreb, antes de chegar em Lasko, cidade que fica a cerca de 20 minutos de Celje, onde acontece o evento.

“O grupo chegou bem, foi uma viagem boa, depois do imprevisto inicial. O grupo já foi bater uma bolinha, para soltar a musculatura e estão prontos para a estreia. A gente já tinha uma prévia do que poderiam ser os grupos. Todos os adversários foram bem estudados e os nossos atletas estão prontos”, garante o técnico Paulo Molitor.

Nos últimos anos, o Brasil vem crescendo significativamente no cenário internacional. De apenas quatro vitórias no Mundial de 2006, na Suíça (Iranildo Espíndola, atleta da atual equipe brasileira, foi responsável por duas), o país saltou para quatro medalhas em 2016, nos Jogos Paralímpicos. No último Mundial Individual de Pequim, em 2014, o país conquistou três medalhas de bronze.

Ao todo, 11 atletas brasileiros participam do torneio deste ano. Uma redução em quantidade, mas que privilegiou a qualidade, segundo o técnico Molitor. São eles: Cátia Oliveira, Guilherme Costa e Iranildo Espíndola (classe 02); Israel Stroh e Paulo Salmin (classe 7); Danielle Rauen, Jennyfer Parinos e Lucas Carvalho (classe 09); e, Bruna Alexandre, Cláudio Massad e Diego Moreira (classe 10). Cátia Oliveira será a porta-bandeira na cerimônia de abertura.

Confira a agenda dos brasileiros neste primeiro dia de competição (horários de Brasília):

4h45 – Classe SM10 – Grupo E – Claudio Massad x Kim Daybell (GBR)

5h30 – Classe SM10 – Grupo F – Diego Moreira x Ivan Karabec (CZE)

6h15 – Classe SM9 – Grupo E – Lucas Carvalho x Ashley Facey Thompson (GBR)

8h30 – Classe SF10 – Grupo B – Bruna Alexandre x Nozomi Takeuchi (JPN)

9h15 – Classe SM7 – Grupo D – Paulo Salmin x Ahmed Sayed Moahmed (EGY)

10h – Classe SM2 – Grupo D – Iranildo Espíndola x Jan Riapos (SVK)

14h30 – Classe SM9 – Grupo E – Lucas Carvalho x Chao Ming Chee (MAS)

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa