CBTM e Jockey Club Brasileiro realizam evento e parceria pode render frutos já no próximo ano

05/12/2016 18:00
Sócios do clube puderam ter uma clínica de tênis de mesa. Criação de escolinha no local é um dos objetivos das partes
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 5/12/2016
 
Com o crescimento do tênis de mesa nos últimos meses, a Confederação Brasileira de Tênis de Mesa e o Jockey Club Brasileiro realizaram uma parceria para tornar realidade um evento que aproximou ainda mais os sócios do clube com a modalidade. No último fim de semana, foi feita uma clínica no salão de festas infantil do local, com monitorias de profissionais da CBTM e a presença de atletas, que, além de conversarem com os interessados, fizeram partidas de exibição.
 
O evento contou ainda com uma homenagem ao ex-mesatenista Dagoberto Midosi, que é sócio do Jockey Club Brasileiro e amante do turfe. Ele recebeu uma placa das duas instituições, Confederação Brasileira de Tênis de Mesa e Jockey Club Brasileiro.
 
O sucesso da iniciativa foi tão grande, que novas ações como esta não são descartadas para o início do próximo ano.
 
"Tínhamos percebido, com o tempo, um aumento no interesse pelo tênis de mesa. Atualmente, temos três mesas e todas elas ficam sempre ocupadas. Houve a viabilidade de fazer esse evento junto à CBTM e o balanço foi super positivo. No final do verão, vamos tentar fazer uma nova edição", disse André Cantidiano, diretor do Jockey Club, que confirmou ainda que a parceria pode render outros frutos:
 
"Foi muito bom, a procura e a participação de todos: sócios, CBTM... Há uma ideia de tentar estabelecer uma escolinha".
 
Para Omar Barbosa, líder de projetos especiais e detecção de talentos da CBTM, a festividade foi uma grande oportunidade de se divulgar o tênis de mesa para um número ainda maior de pessoas. Para ele, os Jogos Olímpicos Rio 2016 tem uma parcela no aumento de interessados pelo esporte.
 
"Foi uma chance impar de divulgarmos a modalidade. Essa oportunidade se deve muito também à grande repercussão que o tênis de mesa ganhou na Rio 2016, onde conquistamos grandes resultados tanto nos Jogos Olímpicos quanto no Paralímpico", ressaltou.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br