Circuito das Estrelas: Atletas brasileiros confirmam favoritismo e fazem semifinal 100% verde e amarela

04/11/2016 22:03
Disputa pelo título acontecerá neste sábado. Ishiy tentará conquistar o segundo título do torneio de forma consecutiva
 
Alexandre Araújo e José Augusto Assis, em Chapecó (SC) - 04/11/2016
 
Os atletas brasileiros confirmaram o favoritismo e passaram para as semifinais do Circuito das Estrelas - Etapa Biriba, que acontece em Chapecó. Na noite desta sexta, Hugo Calderano, Cazuo Matsumoto, Vitor Ishiy e Eric Jouti venceram Rodrigo Gilabert (ARG), Gustavo Gomez (CHI), Gastón Alto (ARG) e Damian Moleda (URU), respectivamente, e, agora, brigam pelo título. Vale lembrar que Vitor Ishiy é o atual campeão do torneio.
 
As disputas por vaga na final e o jogo decisivo acontecem neste sábado, às 11h30. A partir das 13h, o torneio terá transmissão ao vivo do SporTV.
 
E o primeiro jogo dessa etapa do Circuito das Estrelas foi de arrepiar. Cazuo Matsumoto (85º) encarou o chileno Gustavo Gomez e o derrotou em uma partida que durou sete sets: 4 a 3 para o brasileiro, com parciais de 7/11, 11/8, 11/7, 8/11, 8/11, 11/6 e 11/9. 
 
"Foi um jogo difícil. Nunca tinha jogado com ele. É um estilo diferente, ele controla bastante a bola, não arrisca tanto. Então, é difícil fazer ponto fácil porque ele está sempre colocando a bola na mesa, mas acho que conseguir manter o foco nos momentos certos e consegui ", disse.
 
Logo depois, o número 31 do mundo, Calderano foi à mesa contra o argentino Rodrigo Gilabert. O brasileiro  mostrou a superioridade esperada e levantou a torcida ao vencer sem grandes dificuldades, classificando-se após um triunfo  por 4 sets a 0 (11/9; 11/6; 11/6 e 11/2).
 
"Joguei bem hoje contra o Gilabert. Consegui vencer por 4 a 0. Fiquei feliz com o resultado e meu nível de jogo. Agora, estou focado para a semifinal e vamos em busca de mais um título", avisou.
 
Com dois brasileiros na próxima fase, foi a vez de Vitor Ishiy encarar Gastón Alto. Logo de cara, sofreu um susto ao perder o primeiro set. Porém, se recuperou e, com um jogo consistente, conseguiu a vitória, de virada, por 4 sets a 1 (9/11; 11/5; 11/5; 11/3 e 11/7).
 
"Consegui jogar muito bem hoje, mais do que eu esperava. Fui bem regular, no primeiro set não muito, mas depois consegui acertar bastante de direita e pressionei o Gastón, que é um jogador muito bom e experiente, que se acostuma fácil ao adversário. Felizmente, consegui ser bem ativo no jogo e sair com a vitória", ressaltou.
 
No fechamento da noite, Eric Jouti teve pela frente o uruguaio Damian Moleda e assegurou uma semifinal 100% brasileira ao derrotar o adversário por 4 sets a 0 (11/8; 11/7; 11/9 e 11/5)
 
"Eu não conhecia muito bem o Moleda, mas deu tudo certo e consegui implementar meu ritmo. Na semifinal, vamos para cima, né? Ele é mais experiente do que eu, mas vou buscar a vitória".
 
Antes do início do Circuito das Estrelas, os quatro atletas participaram de uma cerimônia em homenagem a Biriba, ídolo do tênis de mesa brasileiro e que dá nome a atual etapa da competição, e aos medalhistas paralímpicos na Rio 2016. 
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais: 

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br