Clube paulista se consagra campeão no Absoluto D Feminino no 53° Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa

13/12/2019 01:40

Com 58 e 16 anos de idade, a dupla campeã soube usar as vantagens da experiência e da juventude para chegar ao ponto mais alto do pódio

Crédito da Foto: Daniel Zappe.

 

São Paulo (SP), 12 de dezembro de 2019.

Por: Júnior Martins – Especial para a CBTM

Dirce Moreira e Laura Ribeiro conquistaram suas primeiras medalhas de nível nacional, nesta quinta-feira (12), pelo Campeonato Brasileiro Equipes de Clubes Olímpicas, válido pelo 53° Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa Interclubes 2019, na categoria Absoluto D Feminino, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo. E a vitória contra o APCEF-MA garantiu ouro para os paulistas do Instituto MatosTT/Sesi/Clube Comercial de Lorena.

“Eu queria sentir a adrenalina da competição e ganhar medalhas. Tudo começou assim, eu tinha 51 anos e queria ganhar medalhas. Daí me falaram que, mesmo na minha idade, tinha como ganhar medalhas no tênis de mesa e me convidaram para jogar. Aceitei na hora, depois passei a ganhar medalhas e me apaixonei pelo esporte. Foi meu primeiro campeonato brasileiro e ganhei medalha de ouro. Não tem nem como descrever o tamanho da minha felicidade”, comemora a atleta, Dirce Moreira, 58 anos, de Lorena-SP.

A dupla de debutantes em medalhas nacionais, Dirce e Laura fizeram dois jogos na fase classificatória e venceram ambos. Primeiro superaram as mineiras da Associação Varginhense de Esporte por três a um e depois ganharam das catarinenses da Associação de Tênis de Mesa de Pouso Redondo também por três a um. Até encararem a forte dupla maranhense, Nathalia Rejane Morais e Cecília Souza da APCEF e ganharem por três a dois.

“Foi minha segunda vez num Brasileiro, mas a primeira foi quando era bem pequena e não tive um bom resultado. Nesse consegui fazer bons jogos e pegar minha primeira medalha nacional. Nossa dupla não teve dificuldades nos jogos anteriores, mas a final foi muito difícil. Ter calma foi essencial para vencermos. E a sensação de vencer foi muito doida. Nós nem esperávamos pela vitória”, conta, muito sorridente, a mesa-tenista, Laura Ribeiro, 16 anos, de Lorena-SP.

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa