Com caras novas, seleções juvenil e infantil começam disputa do Sul-americano neste sábado

18/03/2016 19:02

Na última edição da competição continental, brasileiros foram arrasadores

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 18/03/2016

A seleção brasileira começa, neste sábado (19), a disputa do Campeonato Sul-Americano juvenil e infantil, em Assunção, capital paraguaia. Com diversos nomes que não estiveram na última edição da competição, o objetivo segue o mesmo: ganhar experiência e buscar os melhores resultados possíveis.

Em 2015, o Brasil conquistou nada menos que 12 ouros, dentre os 14 possíveis. Daquela delegação, permanecem no comando os técnicos Guilherme Simões e William Kumagai, que este ano dividirão a tarefa com Nelson Kuzuoka.

“A expectativa é a melhor possível. O Brasil nos últimos anos tem conquistado muitas medalhas nessa competição e esse ano não vai ser diferente. De 14 possível estamos ganhando uma média de 11, então nosso foco é esse”, afirmou Simões, durante o período de treinos realizado no último final de semana, em São Caetano do Sul (SP).

Entre os atletas, somente Gustavo Yokota (43º colocado no ranking mundial juvenil) segue na equipe juvenil, que conta com Siddharta Almeida, Renan Ferreira e Rodrigo Yonesake, vencedores das seletivas.

O time infantil feminino também sofreu várias mudanças: saíram Vitória Ucima, Luana Katsumata, Fernanda Kodama e Bruna Takahashi – que ainda não havia sido campeã mundial – para entrarem Livia Lima, Tamyres Kukase, Beatriz Kimoto e Giulia Takahashi, irmã mais nova de Bruna, que esteve na China com o programa Diamantes do Futuro.

A equipe juvenil feminina é a mais experiente e praticamente a mesma, com Gabriella Kodama substituindo Tathiane Pimentel, enquanto Alexia Nakahashima (97ª), Martina Kohatsu (107ª) e Leticia Nakada (33ª) representam novamente a seleção.

Já no infantil masculino, Guilherme Teodoro, Eduardo Tomoike e Rafael Torino estiveram no título conquistado em 2015, e agora Diogo Silva, que assim como Giulia esteve na China e faz parte do programa Diamantes do Futuro, substitui João Gabriel Santos.

O Campeonato Sul-Americano juvenil e infantil segue até o dia 23 de março e será seguida do Aberto do Paraguai, etapa do Circuito Mundial juvenil que será realizada no mesmo local, entre os dias 24 e 27.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/TMBrasil
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br