Coordenador de Diamantes do Futuro volta de projeto da ITTF com novas ideias para o programa

20/10/2016 14:24

Jorge Fanck passou por um período de treinamento com Peter Karlsson na Suécia e fez questão de elogiar vivência na Europa

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 20/10/2016

Jorge Fanck, coordenador do Diamantes do Futuro, esteve em Falkenberg, na Suécia, participando do Mentorship, projeto da Federação Internacional de Tênis de Mesa  (ITTF) que visa um intercâmbio com técnicos de todo o mundo. Após o período no Velho Continente, Fanck já chegou cheio de ideias e ressalta como pode colocar o que aprendeu em prática no trabalho que realiza com os jovens no Diamantes, uma das principais iniciativas da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM).

O coordenador ressalta a questão do amadurecimento necessário para que os jovens consigam ser preparados para tomar decisões que podem fazer toda a diferença.

"Acho que uma coisa que vamos conseguir usar muito é essa parte de amadurecimento da criançada. Principalmente essa coisa já desde cedo, a gente passar para eles essa importância do atleta ter a responsabilidade para tomar decisões, ter de saber o caminho que quer traçar, onde ele quer chegar. Nós, como técnicos, temos de ser mais facilitadores, temos de ajudar a dar um diretriz, mas não podemos tomar a decisão por eles. O atleta tem de ter consciência e a responsabilidade de tomar as decisões para chegar onde quer. ", disse ele, que ainda salientou:

"Claro que, quanto mais jovem, mais apoio do técnico ele tem de ter, mas o nosso objetivo é preparar ele para que consiga, através do amadurecimento, buscar essa liberdade de poder decidir e ser responsável pelos seus próprios atos. Porque uma coisa que focaram muito é que, se o atleta está certo do que quer fazer, ele não vai jogar culpa para outros ou se arrepender. Muitas vezes, nós técnicos queremos tomar a decisão, mas no fim das contas,se der errado é a vida do atleta que é afetada".

Durante o projeto, o mentor de Jorge Fanck foi ninguém menos que Peter Karlsson, campeão europeu individual (2000) e mundial de duplas (1991). No tempo em que esteve lá, o brasileiro desenvolveu um projeto voltado para o footwork e planejamento de temporada, visando competições, treinamentos, focos e objetivos. Além disso, pôde observar diversas atividades ministradas pelos técnicos europeus. Depois dessa experiência, Fanck fez questão de enaltecer o aprendizado que teve com o projeto, além da estrutura do local do evento.

"Em termos de aprendizado, foi maravilhoso. Peter é uma pessoa sensacional, muito atencioso, muito solícito para conversar sobre qualquer assunto. O projeto superou minhas expectativas. Eu sabia que seria bom, mas foi excepcional. Eles têm um ginásio, em um clube privado, para o tênis de mesa, uma quadra só para o tênis de mesa com nove ou 10 mesas. Eu fiquei só no grupo principal, de 6 a 10 atletas, no máximo", elogiou.

O coordenador do Diamantes comentou também que o mais marcante foi a questão cultural, além das conversas aprofundadas com Karlsson sobre tênis de mesa.

"Peter é uma pessoa muito avançada. Depois que tive contato com ele e com outros europeus, deu para ver que eles estão muito avançados em relação à América do Sul, se tratando da modalidade. A cada bate papo sobre tênis de mesa, acabava sendo uma discussão muito mais ampla, até em questão de atitude, de como vai lidar com os problemas, com as necessidades de tomar decisões. E isso tudo reflete no desenvolvimento de um atleta", comparou.

De volta ao Brasil, Jorge Fanck agradece pelo apoio que recebeu e afirma que volta com uma 'cabeça diferente'.

"Só tenho a agradecer todo o apoio da CBTM e da ITTF, porque isso está sendo muito valioso para minha evolução. Voltei com a cabeça diferente. Volto mais motivado para continuar trabalhando e acreditando no que está sendo realizado", concluiu.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br