Coordenador Técnico de Seleções da CBTM ministra curso de capacitação ITTF

08/06/2014 12:12

Desenvolver o esporte e seus profissionais. Esse é o objetivo da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF na sigla em inglês) através de cursos de capacitação que estão sendo ministrados em algumas etapas da Copa Brasil, como a Sul-Sudeste II, que aconteceu em Videira-SC, entre os dias 5 e 8 de junho.

Conduzido por Lincon Yasuda, Coordenador Técnico das Seleções Olímpicas da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa, a edição de Videira contou com oito participantes.

“A ITTF implementou, há dez anos, um processo de credenciamento para a formação de condutores, para ministrar esses cursos ao redor do mundo. São quatro níveis de curso, o nível 1 e o 2 começaram a ser passados em 2010, e nesse ano começou o de nível quatro”, explica Lincon Yasuda, que desenvolve esse trabalho pelo Brasil após a chancela da ITTF.

“Fui capacitado para ministrar os níveis 1 e 2 e já venho fazendo um trabalho, principalmente com o nível 2, desde 2009. Aqui no Brasil, começamos a intensificar o curso de nível 1 para os treinadores das escolinhas poderem identificar os novos talentos”.

A simples detecção de talentos não é suficiente. Além de saber quem tem capacidade de e tornar um grande jogador, Lincon destaca que o mais importante é desenvolver o atleta para que alcance o alto nível de rendimento.

“Esse projeto serve para escolher e, principalmente, desenvolver esse atleta. Também procurarmos mostrar como o tênis de mesa está no momento e padronizar junto a esses técnicos os métodos que são comprovadamente eficazes. Isso vai servir para que desde a base eles possam preparar melhor esses novos talentos”, finalizou.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.