Copa Brasil: Bruna Takahashi supera Caroline Kumahara em ‘final olímpica’ do Absoluto A

12/06/2016 14:41

Companheiras de clube e de seleção decidiram a principal categoria em Piracicaba

Matheus Quelhas e José Augusto Assis, de Piracicaba (SP) - 12/6/2016

Bruna Takahashi (São Caetano/SEEST/Xiom-SP) derrotou a colega de clube e seleção brasileira, Caroline Kumahara, por 3 a 0 (11/3, 12/10 e 11/3), e acabou como campeã do Absoluto A na segunda edição da Copa Brasil 2016, em Piracicaba (SP), neste domingo (12).

Ao longo da campanha de quatro vitórias, Bruna, que está garantida na disputa por equipes dos Jogos Olímpicos, não cedeu nenhum set às rivais. Para a jovem de 16 anos, o desempenho representou uma melhora em relação ao Aberto da Eslovênia, etapa do Circuito Mundial que disputou na última semana.

“Acho que aqui eu consegui colocar em prática o que faltou na Eslovênia, impor o meu jogo realmente. Não perdi sets, mas tiveram vários duros, mesmo assim consegui buscar o resultado. Foi um ótimo torneio”, comemorou Takahashi, antes de falar sobre a decisão.

 “Cometi poucos erros nesse campeonato, acho que por isso consegui ganhar. Conheço ela muito bem, treinamos todos os dias juntas, e talvez ela não estivesse no dia dela. Mas fico feliz pelo que consegui fazer na competição”, comentou.

A vice-campeã Caroline Kumahara, que além do torneio por equipes também representará o Brasil no individual dos Jogos Olímpicos, explicou um pouco mais sobre as diferenças de enfrentar uma companheira de treino.

“Contra uma atleta de fora, quando estou tendo dificuldades posso mudar o saque, fazer algo que ela nunca viu antes. Contra a Bruna, por exemplo, não tenho como fazer isso. Ela jogou bem e bolas que geralmente funcionam contra ela hoje não entraram”, detalhou Kumahara.

Martina Kohatsu, outra atleta de São Caetano do Sul (SP), e Alexia Nakashima (Associação Joinvillense de Tênis de Mesa-SC) terminaram com a medalha de bronze.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais: 

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br