Copa Brasil: Danilo Toma bate Isaac Zauli em final emocionante e fatura título do Rating A em casa

05/10/2016 16:51

Atleta, que nasceu no estado do Paraná, superou o seu adversário por 3 sets a 1

Alexandre Araújo, de Toledo (PR) - 5/10/2016

Se ser campeão já é bom, ser campeão em casa tem um gosto ainda mais especial. Danilo Toma é atleta do Fundação Municipal de Esportes de Concordia - SC, mas nasceu em Londrina, Paraná, e, pela primeira vez, pôde levantar uma taça no estado natal. Ele conquistou o ouro no Rating A, categoria mais alta, em uma final emocionante contra Isaac Zauli, do Santa Cecília/Saldanha da Gama/LSTM - SP, por 3 sets 1 (11/8; 11/5; 7/11 e 11/7) e não escondeu o quanto o resultado é importante para o andamento da temporada, almejando, inclusive, a seletiva para a seleção brasileira.

"Eu estava até pensando nisso! É a primeira vez que ganho aqui e fico muito feliz por estar sendo vitorioso no meu estado. É muito gratificante! Confesso que (a seletiva) não era um objetivo no começo, mas acaba se tornando. Você vai fazendo bons jogos e, conforme vai conquistando bons resultados, essa expectativa aumenta. Mas sempre mantendo a cabeça no lugar para tentar chegar na seletiva e fazer um bom campeonato", disse.

Danilo salientou ainda que o ouro no primeiro dia de Copa Brasil aumenta a segurança para o restante da competição, que vai até domingo.

"Me dá muita confiança. O Rating A é um campeonato muito disputado, com atletas de alto nível, e acho que ganhando desses atletas, como Siddharta, Israel e Isaac, ganho ainda mais ânimo para dar o meu melhor nos próximos compromissos", afirmou.

Já na categoria Rating B Feminino, a mais alta do dia, Isabela Cassemiro foi quem levou a melhor e acha que o ouro pode influenciar de forma positiva na continuidade desta edição da Copa Brasil.

"Eu sabia que teria de me esforçar bastante pois teria adversárias bem difíceis pela frente. Estudei muito o jogo delas, apesar de conhecê-las. Acredito que esse ouro aumente a visualização das outras atletas, mas sabemos que agora é outra competição. Acredito que, com essa conquista, eu me solte mais, agora", ressaltou.

No Rating O Masculino, Lucas Yudi Eto, do São Caetano/ Seest/ XIOM - SP, ficou com o ouro. Já no Rating N, foi André Lima da Silva, da Associação de Tênis de Mesa de Guarapava - PR, que conquistou o título, enquanto no Rating L, Ygor Yan Viana, representante do Yara Toledo - PR, levou a melhor.

Marco Okino, da Associação de Bombeiros de Foz do Iguaçu - PR, subiu no lugar mais alto do pódio no Rating J, e Joon Shim, do Atemel/Acel Londrina - PR, foi campeão no Rating I. No Rating H, o melhor foi Eduardo da Silva, do Asservel Cascavel - PR. Luiz Mello, do Colégio Sepam / ADM - Ponta Grossa / Clube Verde - PR, e Allex Sakata, do Nipo Campo Mourão - PR, conquistaram o Rating G e F, respectivamente.

Luan Barbosa, representante do Santa Cecilia / Saldanha da Gama / LSTM - SP, levou a taça no Rating E, enquanto Vitor dos Santos, da Associação Chapecoense - SC, no Rating B. 
No Rating J Feminino, Maria Comin (Associação Videirense - SC) ficou com o ouro, enquanto no Rating H, Ana Caroline Bonsere, do Yara Toledo - PR, foi a melhor. Já Leticia Della Vechia, do Asservel Cascavel - PR, levou o título no Rating F.

Juliana Lindman (Jundiai/OSJ-Esportes/UCEG/XIOM/JUC-SP) foi a campeão do Rating E e no C, quem mandou muito bem foi Daniela Yano, do Atemel/Acel Lodrina - PR.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br