Copa Brasil: Em Piracicaba, clubes locais lutam por medalhas com 40 atletas

07/06/2016 15:19

Equipes tradicionais nas competições nacionais tentam usar a força de jogar em casa

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 07/06/2016

A segunda edição da Copa Brasil 2016, que começa nesta quarta-feira (8), em Piracicaba (SP), terá forte presença de clubes locais na briga por boas colocações. O Clube de Campo de Piracicaba APTM e a FranTT-Thibar/Café Morro Grande/Selam entram na disputa com nada menos do que 40 mesatenistas, entre olímpicos e paralímpicos.

No caso da FranTT, são 16 atletas inscritos nos torneios olímpicos e seis nos paralímpicos. Dois desses nomes irão jogar ambos: as atletas de seleção brasileira paralímpica andante, Danielle Rauen e Jennyfer Parinos – e é justamente a presença maciça de membros da equipe permanente da seleção que torna o time um dos favoritos para a disputa paralímpica.  

Dos seis inscritos para as Classes Paralímpicas do clube, quatro são campeões parapan-americanos individuais: Paulo Salmin (13º colocado no ranking mundial da Classe 7), Luiz Manara (30º na Classe 8), Carlos Carbinatti (17º na Classe 10) e a própria Danielle (8ª na Classe 9). Mas os outros dois, Diego Moreira (30º na Classe 9) e Jennyfer (11ª), também conquistaram medalhas em Toronto – eles foram campeões por equipes e bronze no individual.

O Clube de Campo, por sua vez, foca suas esperanças no olímpico, onde tem 19 atletas inscritos. Entre os destaques, Isabela Cassemiro, campeã da categoria juventude na primeira edição da Copa Brasil 2016, em Brasília (DF). Além dela, Marina Michelin e Livia Gomes chegam embaladas após conquistarem o bicampeonato brasileiras de duplas, em Fortaleza (CE), no Campeonato Brasileiro de Inverno.

A Copa Brasil Piracicaba acontece de quarta (8) a domingo (12) e inclui disputas olímpicas e paralímpicas num total de 67 categorias, que serão jogadas por mais de 500 atletas.

Circuito das Estrelas estreia homenageando Claudio Kano

Em 2016, a Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) resolveu exaltar grandes ícones da modalidade através do Circuito das Estrelas, competição que conta com a presença de atletas de alto nível e teve seu nome escolhido através de votação nas redes sociais da entidade.

O Circuito fará sua estreia na temporada em Piracicaba (SP), no sábado (11), e segue até domingo (12), em disputas no sistema de eliminatórias simples. O homenageado será Claudio Kano, atleta da seleção brasileira falecido em 1996, às vésperas dos Jogos Olímpicos de Atlanta (EUA). Seu pai, Minoru, receberá uma placa na cerimônia de abertura oficial da Copa Brasil, sexta-feira (10), às 17h.

Na mesa, o destaque ficará por conta dos finalistas do último Campeonato Brasileiro – o bicampeão Vitor Ishiy (250º) e o medalhista de prata Eric Jouti (213º), bronze na Copa Latino-Americana que terminou este domingo (5). Entre os estrangeiros estará o cubano Andy Pereira (182º), que está classificado para os Jogos Olímpicos do Rio, em agosto.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/TMBrasil
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br