Copa Brasil: Joaçaba olha para a base e quer fomentar ainda mais o tênis de mesa

23/08/2017 15:34

Ser a sede de uma competição nacional fez parte do planejamento para massificar a modalidade

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 23/08/2017

Foto: Christian Martinez / RGB Studios / CBTM

Ser a sede da terceira edição da Copa Brasil desta temporada, para Joaçaba, em Santa Catarina, foi mais do que apenas abrir as portas da cidade para a modalidade. A ideia foi também ter um legado para o esporte, que é um dos mais importantes na região.

 

Receber uma competição nacional fez parte de um planejamento que a cidade tinha em fomentar ainda mais o tênis de mesa e, assim, conquistar ainda mais adeptos.

 

“Ser a sede foi uma questão, mas essa Copa Brasil em Joaçaba teve um objetivo de massificar a modalidade. Porque aqui estão familiares, amigos, alunos de escolas públicas e particulares da região... Isso estimula e massifica. E quando você massifica, posteriormente, qualifica também. Objetivo foi fazer com que as pessoas conhecessem o nosso trabalho”, disse Yuri Godoi, um dos dirigentes do clube.

 

A ideia é, principalmente, alimentar as categorias da base, uma das preocupações que a Associação Pró Tênis de Mesa de Joaçaba já tem desde o último ano. Para isso, o clube fez parcerias com escolas locais, tanto públicas quanto particulares, e, atualmente, trabalha com cerca de 100 crianças ao todo.

 

“Nossa equipe é muito forte, tem atletas na seleção brasileira, mas está envelhecendo. Então, se não investimos na base, daqui a algum tempo, a equipe acaba. Começamos a investir na base, em parceria com as escolas da região, e aqueles alunos que se destacam, começam a participar do centro de treinamento”, ressalta.

 

Além disso, a Copa Brasil que também celebrou o centenário de Joaçaba, serviu para que os moradores da cidade pudessem ver os atletas de tênis de mesa:

 

"Nossa população acompanha e vê que muitos dos nossos atletas ganham títulos importantes, mas, muitas vezes, não tem a oportunidade de vê-los jogando. Aqui, eles estão podendo acompanhar de perto".

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br