Copa Costa Rica: Com domínio na Classe 3-4 masculina, Brasil leva três ouros

10/12/2016 20:00
Alexandre Ank, na Classe 3-4, Claudio Massad, na Classe 10, e Nilson Oliveira, na Classe 8, chegaram ao lugar mais alto do pódio
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 10/12/2016
 
Foto: ITTF
 
O Brasil continua brilhando na Copa Costa Rica, competição voltada a atletas paralímpicos. Após o topo do pódio com Thais Severo, na disputa individual feminina na Classe 3-5, foram mais três ouros no torneio. Nilson Oliveira conquistou a taça no individual da Classe 8, enquanto Alexandre Ank levou na Classe 3-4, em final verde e amarela. Claudio Massad, por sua vez, levou na Classe 10.
 
Nilson Oliveira foi o melhor na Classe 8. Ele venceu todos os jogos e perdeu apenas um set em grupo que tinha o também brasileiro Alexon Piccolin, Marco Sephom Makkar, dos Estados Unidos, e os costa-riquenhos Andres Ramirez e Jason Jesus Anchia.
 
O brasileiro bateu Makkar por 3 sets a 1 (11/7; 7/11; 11/8 e 11/4). Nos outros três jogos, Nilson não perdeu mais set algum, batendo Andres Ramirez com parciais de 11/6; 11/7 e 11/9, Jason Jesus Anchia com 11/2; 11/1 e 11/2 e Alexon Piccolin por 15/13; 11/5 e 11/9.
 
Alexandre Ank, por sua vez, levou o ouro na Classe 3-4, que foi dominada por brasileiros. Ele ficou em primeiro no Grupo C, que tinha o também brasileiro Ecildo Oliveira e Sebastian Chaves, da Costa Rica. Com duas vitórias por 3 a 0, 11/2; 12/10 e 12/10 e 11/3; 11/1 e 11/4, respectivamente, avançou para as quartas de final. Eziquiel Babes e Jean Carlos Padilha, que estavam no Grupo A e Ivanildo Freitas, que estava no Grupo B, também passaram de fase. Sendo assim, que seis atletas na segunda parte da competição, cinco eram brasileiro. Geovanni Rodriguez, da Costa Rica, foi o 'intruso'.
 
Nas semifinais, Ezequiel Babes bateu Ivanildo por 3 sets a 0 (11/3; 11/8 e 12/10), enquanto Alexandre Ank derrotou Geovanni Rodriguez por 3 sets a 2 (12/10; 14/16; 11/7; 6/11 e 11/9). Na final, Ank venceu Babes por 3 sets a 2 (5/11; 11/4; 9/11; 11/8 e 11/8).
 
Na Classe 10, Claudio Massad ficou na primeira colocação no Grupo A, que tinha os brasileiros Alexandre Alfon e Ricardo Narusawa e Jose Angel Rojas, da Costa Rica. Massad venceu Alfon por 3 sets a 0 (11/8; 12/10 e 11/3), Rojas por 3 sets a 1 (11/5; 11/8; 6/11 e 11/4) e Narusawa por 3 sets a 0 (11/; 11/7 e 11/7), passando em primeiro. 
 
No Grupo B, tinha os brasileiros Basilio Fernando Oliveira e Willian Gabriel Almeida, além do chileno Alvaro Hernan Gutierrez e Sebastian Jesus Fernandez, da Costa Rica. Basilio passou em segundo, após derrota para Hernan por 3 sets a 0 (12/10; 11/6 e 11/7) e vitórias sobre William Gabriel (7/11; 11/5; 11/9; 9/11 e 11/6). 
 
Na semifinal, Massad derrotou Basilio por 3 a 0 (11/7; 11/2 e 11/5)  e, na decisão, bateu Alvaro Hernan Gutierrez por 3 sets a 1 (11/2; 11/7; 9/11 e 11/3).
 
Os outros resultados de brasileiros podem ser conferidos neste link.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br