Copa Latino-Americana: Quatro brasileiros começam amanhã luta por título e vaga na Copa do Mundo

02/06/2016 20:16
Hugo Calderano, Caroline Kumahara, Eric Jouti e Lin Gui representarão o Brasil na Cidade da Guatemala
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 2/6/2016
 
A Copa Latino-Americana começará a ser disputada nesta sexta-feira (3) e o Brasil terá quatro atletas como representantes. Hugo Calderano e Eric Jouti, no masculino, e Caroline Kumahara e Lin Gui, no feminino, chegam na Cidade da Guatemala com o mesmo objetivo: ganhar o título e se classificar para a Copa do Mundo individual.
 
Apesar de todos almejarem faturar o ouro, os brasileiros chegam com retrospectos diferentes para a disputa do torneio. No caso de Caroline, o histórico é mais que favorável: participações em todas as cinco edições da Copa Latina e conquista de três delas. Ela faturou o ouro em 2012 (com apenas 16 anos), 2014 e 2015. Em 2013, levou a medalha de bronze.
 
Calderano e Lin buscam o seu primeiro título da competição. O campeão pan-americano disputou a edição do ano passado, mas parou nas quartas de final ao sofrer o revés para o equatoriano Alberto Mino. Já Lin conquistou a medalha de prata na edição anterior. Na final daquele evento, ela foi superada pela brasileira tricampeã da competição.
Dos quatro mesatenistas, apenas Jouti fará sua estreia na competição. O atleta de 22 anos é um dos mais novos dentre os participantes.
 

Outros 18 atletas têm o mesmo objetivo dos brasileiros. Entre os homens, os mesatenistas terão como adversários: o mexicano Marcos Madrid (167º); os cubanos Andy Pereira (180º) e Jorge Campos (218º); o salvadorenho Josue Donado (412º); os guatemaltecas Heber Moscoso (514º) e Allan Gutierrez (700º); o dominicano Emil Santos (356º); o argentino Pablo Tabachnik; o equatoriano Alberto Mino e o porto-riquenho Daniel Gonzalez (237º).

No feminino, as participantes, além das brasileiras, são: as colombianas Paula Medina (204ª) e Lady Ruano(227ª); a mexicana Yadira Silva (130ª); a venezuelana Gremlis Arvelo(209ª); as chilenas Paulina Vega (222ª) e Katherine Low (250ª); a argentina Ana Codina (280ª); a cubana Idalys Lovet (273ª); a guatemalteca Andrea Estrada (417ª) e a salvadorenha Estefania Ramirios (423ª).

 
E se não tem o mesmo desempenho dos brasileiros, quatro adversários chegam motivados pela recente conquista, no início de abril, da vaga nos Jogos Olímpicos do Rio, através do Pré-Olímpico Latino-Americano, realizado no Chile. Entre os homens, Marcos Madrid e Andy Pereira virão ao Brasil, enquanto Lady Ruano e Yadira Silva estarão na capital carioca em agosto.
 
A Copa Latino-Americana está na sexta edição e será realizada até domingo (5). Nela, o Brasil é o maior medalhista da história da competição com 18 conquistadas - oito ouros, três pratas e sete bronzes.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais: 

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br