Copa Tango: Com destaque para Ecildo Oliveira e Lucas Carvalho, brasileiros sobem no pódio cinco vezes em Buenos Aires

28/11/2016 19:02

Ecildo conquista a sua 18ª medalha em Copas Tango, já Lucas chega ao pódio na sua primeira competição internacional

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 28/11/2016

O nosso tênis de mesa paralímpico continua a mostrar a sua força internacionalmente. Nesse domingo (27), o Brasil encerrou a sua participação na Copa Tango, que foi disputado em Buenos Aires, na Argentina, com cinco medalhas faturadas - foram três pratas e dois bronzes para os brasileiros. O destaque fica para os triunfos de Ecildo Oliveira (Classe 4), que chegou a sua 18ª medalha conquistada em Copas Tango, e Lucas Carvalho (10), que foi ao pódio tanto na etapa Sênior como no Junior em sua primeira participação em competições internacionais.

Ecildo foi ao pódio por duas vezes em Buenos Aires. No individual, o brasileiro chegou à final da Classe 4 e teve de enfrentar o chileno Cristian Astete. Ele acabou sendo superado por 3 sets a 1 (11/6, 12/10, 11/13 e 11/5) e ficou a prata. A outra medalha do atleta foi faturada no torneio por equipes da Classe 4-5. Ele, ao lado do costarriquenho Geovanni Rodriguez, ficou com o bronze ao ser superado na semifinal pelo time argentino, formado por Gabriel Copola e Mauro Depergola, por 2 jogos a 0.

Já Lucas, na Classe 10, faturou somente uma medalha, mas foi especial. Em sua primeira participação em competições fora do Brasil, o mesatenista levou a prata no torneio individual da Classe 10, mesma medalha que ele faturou na Copa Tango Junior no início da última semana. No Sênior, o segundo lugar veio depois de Lucas ter feito a final contra o chileno Alvaro Gutierrez e ter sido batido por 3 sets a 0, com parciais de 11/7, 11/4 e 11/9.

O Brasil ainda teve mais duas medalhas conquistadas na 14ª edição da Copa Tango e ambas foram faturadas por Luiz Henrique Medina, o Kaike (Classe 6). No individual, ele ficou em terceiro lugar ao chegar à semifinal e ser superado pelo chileno Matias Lorca por 3 a 0, com parciais de 12/10, 11/5 e 11/7. Já por equipes, o brasileiro, que fez parceria com o costarriquenho Steven Chinchilla, ficou em segundo lugar na Classe 6-7. A disputa foi em grupo único e o time fez uma grande campanha: três vitórias e apenas uma derrota.

Confira aqui os resultados completos dos torneios individuais e por equipes.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br