Desafio de Cadetes: América Latina vence uma, perde duas e vai para a disputa do quinto lugar

24/10/2016 19:41

Brasileiro Rafael Torino joga bem, vence quatro de seis jogos, mas equipe acaba não vencendo partidas suficientes para classificação

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 24/10/2016

O Desafio Mundial de Cadetes começou a ser disputado nesta segunda-feira (24) e teve brasileiro indo à mesa. No torneio de equipes, o brasileiro está atuando pela América Latina, que venceu uma partida, mas perdeu duas. Com o resultado, sua equipe não conseguiu se classificar para as semifinais e vai para disputa do quinto lugar.

O primeiro embate do time latino-americano, válido pelo Grupo A, foi contra a Ásia e acabaram derrotados por 4 jogos a 1. Rafael foi à mesa por duas vezes: na primeira, foi batido pelo sul-coreano Cho Daeseong por 3 sets a 0 (11/5, 11/6 e 12/10) e, na segunda, derrotou Kun Ting Beh, de Singapura, por 3 a 2, com parciais de 11/4, 11/8, 4/11, 3/11 e 11/3.

Na segunda partida, a América Latina conseguiu uma vitória expressiva sobre a Oceania: 5 a 0. Torino triunfou por duas vezes. Primeiro, bateu o australiano Zaki Zenaidee por 3 a 0 (11/5, 11/5 e 11/2) e, depois, superou de virada o neozelandês Yanglun Zhao por 3 a 2 (7/11, 6/11, 13/11, 11/9 e 11/9).

No jogo que seria decisivo, os latino-americanos enfrentaram a América do Norte. O confronto foi acirrado e terminou em 3 jogos a 2 para os norte-americanos. O brasileiro passou por Victor Liu, dos Estados Unidos, por 3 sets a 0 (13/11, 11/5 e 11/6), mas foi superado pelo estadunidense Sharon Alguetti por 3 a 0, com parciais de 11/8, 11/1 e 11/5.

Rafael Torino volta à mesa nesta terça-feira (25), às 0h (horário de Brasília), contra a equipe Hopes, que foi formada após seleção mundial em período de treinamentos. O confronto é válido pela disputa do quinto lugar. O Desafio Mundial de Cadetes está sendo realizado em Shangai, na China, e vai até sábado (29).

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais: 

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br