Diamantes do Futuro: Entusiasmo de atletas marca detecção regional em Manaus

30/05/2016 19:09

Treinamentos na capital amazonense reuniram 27 talentos do Norte do país

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 30/5/2016

O entusiasmo dos jovens atletas marcou a detecção regional de talentos realizada de 27 a 29 de maio, em Manaus (AM). Ao todo, 27 mesatenistas de 7 a 11 anos participaram da primeira etapa do ano para seleção de participantes do Diamantes do Futuro, programa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) para busca e formação de novos jogadores.

Durante três dias, os técnicos Jorge Fanck e Andrews Martins desenvolveram diferentes atividades para avaliar os talentos da região Norte – além do Amazonas, o Amapá também esteve representado.

“Foi muito positivo. Tivemos uma receptividade muito boa tanto de atletas como de técnicos, pais e federação. Todo mundo estava muito disposto a colaborar. E os atletas estavam muito empolgados, se dedicando ao máximo nos treinamentos”, avaliou Fanck, que coordena nacionalmente o Diamantes do Futuro.

Durante as atividades, os atletas foram divididos em dois grupos. O primeiro, mais jovem, era formado por cerca de dez alunos de escolinhas e projetos sociais. O outro teve jogadores mais experientes, que tiveram uma rotina mais específica na detecção.

“Foi gratificante trabalhar com esse grupo mais novo. Com eles, desenvolvemos mais os aspectos básicos. No grupo mais forte, dos mais velhos, conseguimos ministrar treinos mais elaborados. Focamos mais as habilidades que eles podem desenvolver, e também questões táticas e técnicas”, explicou Fanck.

Em geral, as atividades são voltadas para a identificação do potencial dos mesatenistas participantes. No entanto, a qualidade e a intensidade dos treinamentos deixam um legado para técnicos e atletas.

“Não é um treino como no clube. Propomos uma série de atividades para saber o que eles conseguem fazer, o que dominam, se conseguem se adaptar. Fazemos isso para ver quem tem uma habilidade natural e mais facilidade para aprender. No último dia, nós os dividimos em três grupos e fizemos uma competição”, disse o técnico.

Os mesatenistas selecionados participarão da detecção nacional, que está marcada para julho, em Piracicaba (SP). O período de treinamento no interior paulista definirá os atletas que se juntarão ao Diamantes do Futuro.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais: 

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br