Eleito melhor jogador do tênis de mesa pelo CPB, Israel Stroh afirma: 'Orgulho e uma baita responsabilidade'

29/11/2016 15:20
Atleta garante que premiação o empolga ainda mais para este novo ciclo olímpico que se inicia, visando Tóquio/2020
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 29/11/2016
 
Foto: Alexandre Urch/CPB/MPIX
 
Eleito, pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), melhor atleta de tênis de mesa do ano, Israel Stroh - medalhista de prata na disputa individual Classe 7 nos Jogos Paralímpicos do Rio - não escondeu a satisfação. O atleta afirmou que o prêmio o anima ainda mais para a próxima temporada e ressaltou que a responsabilidade, agora, é maior. Stroh garantiu que vai trabalhar para corresponder às expectativas neste novo ciclo olímpico que se inicia, visando Tóquio 2020.
 
Os esportistas serão homenageados na cerimônia do Prêmio Paralímpicos 2016, no dia 7 de dezembro, no Vivo Rio, Aterro de Flamengo, no Rio de Janeiro. 
 
"Fico muito feliz. Ainda é muito nova toda essa repercussão que os Jogos do Rio trouxeram para mim, mas estou me acostumando. Receber esse prêmio é um motivo de orgulho e uma baita responsabilidade. Estou muito feliz, mas espero, principalmente, corresponder às expectativas e seguir colocando meu nome na história" disse ele, que completou:
 
"Eu quero tudo para esse ciclo. Quero estar em condições de disputar os principais eventos e a primeira colocação do ranking mundial. Ano que vem tem campeonato mundial por equipes, depois mundial individual... A meta é fazer um ciclo histórico".
 
Stroh lembrou ainda que o espaço que o tênis de mesa ganhou após os Jogos Olímpicos e Paralímpicos no Rio e como isso pode mudar o olhar do público em relação à modalidade.
 
"A campanha foi a melhor da história com folga. O público gostou e graças a nós viu que dá pra chegar. Acredito que a perspectiva a partir de agora vai ser diferente", assegura.
 
Na festa, serão premiados também os melhores técnicos de esporte individual e coletivo, o atleta revelação e os melhores do ano (categorias masculina e feminina), escolhidos através de votação popular. Os indicados ao prêmio principal serão revelados nesta terça-feira (29). Na celebração do Prêmio Paralímpicos também haverá a entrega do Troféu Aldo Miccolis, dado à personalidade que contribuiu para o desenvolvimento do esporte paralímpico.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br