Em ano de várias conquistas, Bruna Alexandre lembra evolução desde Londres 2012

27/12/2016 14:38

Atleta conquistou dois bronzes na Rio 2016 e venceu principal categoria olímpica no Campeonato Brasileiro SAN-EI de Verão

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 27/12/2016

Foto: Alexandre Urch/MPIX/CPB

Bronze na disputa individual da Classe 10 e na disputa por equipes Classe 6-10 nos Jogos Paralímpicos, além do lugar mais alto do pódio no Absoluto A do Campeonato Brasileiro SAN-EI de Verão. Em um ano recheado de sorrisos, o único peso para Bruna Alexandre pareceu ser o das medalhas no peito. Atual número 3 do mundo na respectiva Classe, ela faz questão de lembrar a evolução que teve no último ciclo, que gerou os bons resultados na Rio 2016.

Apesar das conquistas desta temporada, Bruna Alexandre começa 2017 com um objetivo que terá de ser trabalhado, principalmente, fora das mesas.

"Esse ano foi muito bom para mim, ainda mais comparando com os Jogos Paralímpicos de Londres (2012) para cá. Foi um ano bom não só no esporte, mas na vida também. Tudo deu certo, estou bastante positiva. E fechei com chave de ouro! Eu tinha esse sonho de chegar em primeiro no Absoluto A do Brasileiro. Espero que ano que vem seja cada vez melhor. E espero conseguir perder peso, que é meu grande foco agora", disse.

A atleta lembrou que 2016 foi um ano importante também para o tênis de mesa brasileiro como um todo.

"A Rio 2016 fez crescer minha experiência e ajudou bastante na divulgação da modalidade. Foi um grande passo para  mim e mostrou que o Brasil está melhorando, crescendo no tênis de mesa", afirmou.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br