Federação Internacional divulga novo modelo de Ranking Mundial para 2018

27/03/2017 19:36
Novas regras visam uma simplificação dos critérios para a atualização da lista e uma maior participação dos atletas em eventos  ITTF
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 27/3/2017
 
A Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) divulgou nessa segunda-feira (27) que haverá mudanças no sistema de avaliação do Ranking Mundial. As alterações serão feitas com o objetivo de simplificar ainda mais o modelo e deixar mais claro os métodos de pontos usados para atualização da lista.
 
A ITTF divulgou que diferente do sistema atual - em que é levado em consideração os resultados de cada um contra os oponentes - o novo ranking terá como critério principal a rodada alcançada por cada atleta em um torneio.
 
De acordo com a Federação Internacional, o novo Ranking Mundial vai ser introduzido, principalmente, para facilitar a compreensão dos cálculos envolvidos e, além disso, a lista vai incluir um sistema de pontos claros para eventos e categorias por idade.
 
O ranking, que será colocado em prática no dia 1º de janeiro de 2018, será um incentivo também para uma maior participação dos atletas em eventos ITTF. A lista será positiva para uma maior visibilidade dos atletas e será um reflexo do presente e do passado do mesatenista.
 
Caso o novo Ranking estivesse em vigor em março desse ano, Hugo Calderano - brasileiro melhor ranqueado - estaria na 22ª colocação com 6720 pontos. Na lista atual, ele está em 23º com 2469 pontos.
 
Confira abaixo algumas das características do novo Ranking Mundial da ITTF:
 
  • Vão ser atribuídos pontos para todos os Campeonatos Mundiais, Jogos Olímpicos, eventos sancionados e os reconhecidos pela ITTF. Esses eventos são automaticamente registrados no calendário e no ranking da ITTF.
  • Uma tabela de pontos será atribuída para cada categoria de torneio (Adulto, Sub-21, Juvenil e Infantil).
  • Em torneios individuais, pontos serão dados com base na posição do atleta nas fases mata-mata, qualificatória eliminatória e fase de grupos qualificatória (exceto em Campeonatos Mundiais, Jogos poliesportivos, regionais e outros Jogos).
  • Em torneios por equipes, pontos serão distribuídos de acordo com os jogos individuais em um embate por equipes em um evento sancionado pela ITTF ou Jogos Olímpicos.
  • Nas duplas, uma nova tabela de pontos será usada.
  • Pontos não serão perdidos caso um atleta que tenha um ranking maior perca para um mesatenista que esteja abaixo dele no ranking.
  • Os pontos serão concedidos separadamente para cada categoria de idade e, assim, um gráfico de classificação diferente será publicado a cada mês.
  • Atletas que estejam machucados (as), doentes ou grávidas e que fiquem por um período mínimo de seis meses sem jogar podem se candidatar ao "Seeding Especial".
  • Jogadores que não tenhamregistrado resultados internacionais por um período de 12 meses estará excluído do Ranking Mundial.
  • O Ranking será divulgado a cada mês, ao mais tardar no sexto dia do respectivo mês.


Para mais informações sobre o novo Ranking Mundial, clique aqui. Caso queira simular como seria aplicado o novo Ranking na lista atual, acesse aqui.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM

imprensa@cbtm.org.br