Goiano prova que é possível dividir as atenções entre a raquete e o berrante

29/11/2018 18:37

Conheça a história do boiadeiro goiano que levou o berrante para a disputa do Campeonato Brasileiro, em Concórdia

Crédito da Foto: Christian Martinez/RGB Studios

EU QUERO MAIS! – Vai lá nas nossas redes sociais e veja o vídeo do mesa-tenista boiadeiro.

 

Concórdia (SC), 29 de novembro de 2018.

CLAUDIA MENDES E LUCAS MATHIAS *

Os mesa-tenistas que disputam o Campeonato Brasileiro, em Concórdia, buscam sempre levar todos os equipamentos indispensáveis para uma boa performance. A raquete, borracha novinha, algo para ouvir uma música antes de entrar na mesa, uma garrafinha e um berrante. Sim, berrante, aquele instrumento utilizado pelos boiadeiros para chamar o gado. Pelo menos é assim para um dos atletas.

José Nunes da Silva, atleta paralímpico da classe 3, não desgruda do berrante, nem na hora de jogar tênis de mesa. Ou melhor, na hora de jogar ele deixa guardado, mas leva para o ginásio. Quando deixa a área de jogo, aproveita para tocar “Asa Branca”.

“Sou atleta paralímpico de tênis de mesa, mas sou boiadeiro. Por toda a vida eu fui boiadeiro. Então resolvi trazer meu berrante, que tem uma história: é usado para comunicar com os bois e com os peões”, explica Silva.

Para quem não conhece muito como utilizar o berrante, o goiano explica. Claro, nenhum toque tem relação com o tênis de mesa. Aparentemente.

“O berrante tem 5 toques: o da saída, o estradão, o rebatedouro, o do almoço e o floreio", diz, com autoridade.

Não há estudos que comprovem qualquer benefício no jogo do tênis de mesa para pessoas que tocam berrante, dentro ou fora dos ginásios. Os resultados não são lá muito animadores. Ele foi eliminado na primeira fase da competição, com duas derrotas e uma vitória.  

 

*Lucas Mathias, estagiário sob a supervisão da equipe da Assessoria de Comunicação

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa