Gui Lin recebe o passaporte e aumenta sua esperança de ir à Londres

25/05/2012 17:57

A espera demorou seis anos, mas a chinesa Gui Lin conseguiu se naturalizar brasileira após um longo processo burocrático.

No início do mês a atleta foi comunicada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) que o Ministério da Justiça havia liberado sua naturalização.

Nessa sexta-feira, Gui Lin foi informada que seu passaporte já está pronto e que os dados foram enviados ao COB, o que a inclui entre as candidatas a vaga na Seleção Brasileira que disputará o Torneio de Equipes em Londres.

A concorrente mais forte é Jessica Yamada e o anúncio de quem ficará com a vaga será feito na próxima segunda -feira.

--- Estou muito feliz. Obrigada por tudo! Meus amigos, familiares e todos que sempre estiveram presentes em minha vida --- afirmou.

Gui Lin chegou ao Brasil aos 12 anos para um intercâmbio estudantil. Começou a estudar e se instalou em São Bernardo do Campo, onde conheceu Hugo Hoyama, que passou a ser seu treinador.

--- Passei toda minha adolescência no Brasil. Aprendi a amar esse país que sempre me acolheu, ajudou e educou. É uma honra poder ter a chance de representar o Brasil - comemora.