Gustavo Tsuboi não resiste ao número 1 do ranking e se despede da Copa do Mundo

20/10/2018 12:11

Brasileiro enfrenta Fan Zhendong, mas acaba eliminado nas oitavas de final da Copa do Mundo Masculina

 

Paris (FRA), 20 de outubro de 2018.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

O brasileiro Gustavo Tsuboi encerrou neste sábado (20) sua participação na Copa do Mundo Individual Masculina, na Disneylândia de Paris. Em confronto válido pelas oitavas de final, ele foi derrotado pelo número 1 do ranking mundial, o chinês Fan Zhendong, por 4 a 0 (7/11, 9/11, 6/11 e 8/11).

Com o resultado, Tsuboi deve ter um crescimento significativo no ranking mundial. Atualmente, ele é o 48 do mundo. “Saio da Copa do Mundo de cabeça erguida. Ter ficado entre os 16 melhores da competição foi uma boa performance. Infelizmente não dei muita sorte em pegar o número 1 do ranking. Mas foi muito válido jogar com ele. Saio com o sentimento de que foi uma boa competição”, disse, após a partida.

No primeiro set, Tsuboi entrou muito ligado e concentrado. Bons serviços e frieza em alguns momentos foram vistos na mesa, mas ele não conseguia encaixar seu melhor jogo e acabou perdendo por 11 a 7.

A segunda parcial mostrou um Tsuboi ainda melhor. Chegou a abrir 4 a 2 e o chinês teve de suar para virar no marcador. A partida permaneceu equilibrada, mas Zhendong fechou o set em 11 a 9.

O terceiro set começou até parelho, com bons contra-ataques do brasileiro. Porém, o chinês abriu 6 a 3 no marcador e manteve-se na dianteira do placar, até fechar em 11 a 7.

Tsuboi voltou muito bem para o quarto set. Com excelente desempenho nos contra-ataques e serviços, tirava o chinês da zona de conforto e abriu 6 a 3 no placar. Mas não manteve o mesmo ritmo e permitiu sete pontos consecutivos de Zhendong. O brasileiro ainda reagiu, mas era tarde e acabou derrotado por 11 a 8.

“Tinha uma estratégia de arriscar um pouco mais para poder surpreender o adversário. Eu tinha conseguido fazer isso no Mundial por Equipes. Mas não consegui acertar as bolas que planejei. Por outro lado, mesmo tendo errado muito, fiz muitos pontos nos sets. Se essas bolas tivessem entrado, talvez fosse um pouco diferente”, comentou o atleta.  

“O Tsuboi se mostrou sempre focado e lutando, acredito que este seja um ponto que devemos valorizar muito. No jogo contra o Fan, sabíamos de toda a dificuldade e buscamos uma estratégia mais agressiva. Infelizmente, nos momentos principais o Fan teve um desempenho melhor e não conseguimos aproveitar algumas chances que surgiram. Mesmo não atuando na performance técnica que desejávamos, penso que fizemos um bom enfrentamento”, analisou o técnico Jorge Fanck.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa