Hugo Hoyama será o comandante da Seleção Brasileira no Campeonato Latino-Americano

01/03/2018 13:10
Um dos maiores ídolos do tênis de mesa vê o Brasil como um dos favoritos em Cuba
 
FOTO DE ARQUIVO: Hugo Hoyama com a equipe feminina brasileira para a Olimpíada de 2016 – Crédito: CBTM
 
Rio de Janeiro (RJ), 1º de março de 2018
Por: Assessoria de Comunicação - CBTM
 
A Seleção Brasileira já está pronta para a disputa do Campeonato Latino-Americano de Tênis de Mesa, em Cuba, de 4 a 9 deste mês. Atual campeão da competição, tanto no masculino quanto no feminino, o que já garante um favoritismo natural, o Brasil terá vários trunfos. Um deles será o técnico Hugo Hoyama: um dos maiores nomes da modalidade no país vai comandar as duas equipes na competição.
 
Aos 48 anos, Hoyama parou de jogar pela seleção em 2012, depois da Olimpíada de Londres. No início de 2013 já assumiu o posto de treinador da equipe feminina. Fora os aspectos técnicos, existe outra peculiaridade para comandar as meninas:
 
"Até hoje estou aprendendo e ainda tenho muito a percorrer nesse caminho. Mas não paro de estudar e observar", destaca, lembrando que lê e assiste entrevistas e artigos de Bernardinho e José Roberto Guimarães, que comandam equipes femininas campeãs no vôlei.
 
"Além da parte técnica, cada atleta tem o seu dia. Algumas ficam mais sensíveis psicológica e fisicamente, outras não. Até a maneira de falar precisa ser diferenciada, dependendo de cada uma", ressalta, fazendo questão de citar o prazer em comandar os times feminino e masculino em Cuba:
 
"Como atleta, eu convivi com alguns. Agora, como técnico, vamos estar juntos novamente. Estou muito confiante por ótimos resultados", comenta, bastante otimista.
 
Hugo viaja para Cuba de olho nas medalhas e títulos. Mas um pedacinho dele ficará no Brasil mandando muita energia positiva: sua filha, a pequena Ariel, de 8 meses. Que já começa a fazer as primeiras gracinhas para o papai.
 
"Desde que Ariel nasceu será a primeira viagem para fora do país. E ela já está naquela fase de reconhecer, balbuciar. Vou morrer de saudade, mas a nossa vida é essa", conclui Hoyama.
 
SETE ATLETAS – A Seleção Brasileira será composta por quatro atletas no masculino (Eric Jouti, Thiago Monteiro, Vitor Ishiy e Humberto Manhani) e três no feminino (Bruna Takahashi, Lin Gui e Jéssica Yamada). O sorteio dos confrontos acontecerá na véspera do evento, às 21h15, em Havana.
 
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.

 

 

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes  claudia@fatoeacao.com

Marcio Menezes – marcio@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 
 
 
Siga a CBTM nas redes sociais:
 

 Facebook  Twitter  Instagram