Jogos Escolares: Após ouro, Daniela Yano foca em seletiva juvenil: 'Primeiro objetivo para 2018'

20/11/2017 14:45

Jovem atingiu a sexta participação na competição, uma das maiores do país

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 20/11/2017

Foto: Washington Alves / Exemplus / COB

Daniela Yano é uma jovem de apenas 16 anos, mas com uma grande experiência quando o assunto é tênis de mesa. Com um vasto currículo, ela aumentou a galeria de conquistas ao levar mais uma medalha nos Jogos Escolares da Juventude. A atleta, que representa o Colégio Ateneu, de Londrina (PR), alcançou a sexta participação no torneio – o número máximo que se pode atingir – e celebrou a marca no lugar mais alto do pódio.

Na final, no último domingo, Yano derrotou Sabrina Mizva, da Escola Estadual Santa Cruz, de Canoinhas (SC), por 3 sets a 0 (12/10, 13/11 e  11/8), e conquistou o título no torneio de simples, em Brasília, que lhe dá ainda mais ânimo para a seletiva para a seleção brasileira juvenil, que acontece logo no começo da próxima temporada.

“É meu primeiro objetivo para 2018”, garante ela, que chegou perto da vaga neste ano, em entrevista ao site do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Experiente nos Jogos Escolares da Juventude, Daniela Yano ressalta que treinou bastante e a preparação teve um foco diferencial.

“Treinei 500 saques todos os dias nas últimas duas semanas justamente pensando nessa competição. E o esforço deu certo. Não errei nenhum na final. Quando você está sacando bem, você leva o jogo sem sofrer tanta pressão. No terceiro set, a Sabrina errou um saque quando vencia por 8 x 7, foi um ponto importante”, lembra.

A atleta aproveitou para apontar a importância de se analisar partida a partida para que se tenha uma campanha vitoriosa:

“Gosto de gravar para avaliar o meu jogo. Acho isso muito importante. Às vezes, a gente acha que está jogando bem, mas quando vê o vídeo dá pra ver o que estamos fazendo de errado e corrigir para futuros confrontos”.

Os Jogos Escolares da Juventude estão sendo realizados em Brasília e conta com organização do COB e apoio do Ministério do Esporte.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br