Jogos Escolares da Juventude: Em confronto disputado, Amazonas bate Minas Gerais e avança às quartas de final do torneio feminino por equipes

21/09/2016 15:44
Jayanne Lavareda e Suzy Pinheiro bateram as mineiras Letícia Gonçalves e Anna Silveira por 3 jogos a 2
 
José Augusto Assis, de João Pessoa (PB) – 21/9/2016
 
Os Jogos Escolares da Juventude começaram e, na manhã do primeiro dia de competições de tênis de mesa, já tiveram grandes jogos. Nesta quarta-feira (21), Amazonas, que está sendo representado por Jayanne Lavareda (E.E Agnelo Bittencourt) e Suzy Pinheiro (E. E Balbino Mestrinho), bateu Minas Gerais, de Letícia Gonçalves (E.E Felipe dos Santos) e Anna Silveira (E.E Samuel Engel), no torneio feminino por equipes por 3 jogos a 2 e avançou para as quartas de final. 
 
A primeira das cinco partidas foi uma disputa individual entre Suzy e Letícia, na qual quem se saiu melhor foi a mineira: vitória por 2 sets a 1 (11/9, 9/11 e 11/6). No segundo jogo, Jayanne deixou o confronto empatado ao superar Anna pelo mesmo placar que a sua companheira havia perdido no primeiro embate, com parciais de 6/11, 11/7 e 11/8.
 
Na disputa de duplas, Amazonas virou o confronto. A dupla Jayanne/ Suzy bateu a parceria de Minas Gerais, Letícia/Anna, por 2 sets a 1 (8/11, 14/12 e 12/10). No quarto jogo, a mineira Letícia voltou a deixar tudo igual ao derrotar a amazonense Jayanne por 2 sets a 0, com parciais de 11/3 e 11/8.

Na partida que decidiria quem iria avançar para as quartas de final, Suzy conseguiu bater a mineira Anna por 2 sets a 0 (11/5 e 11/6) e, com isso, Amazonas se classificou para a vaga seguinte. Com a classificação da sua equipe, Jayanne falou sobre como teve que se comportar na mesa para se classificar.
 
“No começo, eu estava bem nervosa, mas fui me acostumando no decorrer das partidas. O importante foi que, no geral, conseguimos manter a calma para não sentir a pressão e, por isso, passamos”, disse a amazonense.
 
Para Suzy, o maior desafio durante o confronto foi na primeira partida contra a mineira Letícia.
 
“Tive dificuldades no primeiro jogo, porque a menina tinha qualidade, ela cortava as bolas diversas vezes. Além disso, a borracha dela complicou o meu jogo, pois ela tinha uma borracha que bloqueava o meu efeito”, analisou.
 
Nas quartas de final do torneio feminino por equipes, a equipe do Amazonas vai enfrentar o Rio de Janeiro.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br