Jogos Escolares da Juventude: No torneio de duplas, Santa Catarina leva mais um título no masculino e Paraná é campeão em revanche no feminino

22/09/2016 15:47
Catarinenses Guilherme Silva e Lucca Filippi já haviam vencido o torneio por equipes. E paranaenses Ana Bonsere e Isabella Silva bateram Rio Grande do Sul na decisão

José Augusto Assis, de João Pessoa (PB) – 22/9/2016
 
Depois de um primeiro dia agitado pela disputa por equipes, os Jogos Escolares da Juventude conheceram mais dois campeões logo pela manhã desta quinta-feira (22). No torneio de duplas, a parceria de Santa Catarina, Guilherme Silva (Escola Profª Laura Andrade) e Lucca Felippi (EEB Raulino Horn) levou o ouro no masculino. Já no feminino foi a dupla Ana Bonsere (Colégio Lasalle) e Isabella Silva (C.E Barão Rio Branco), que representam o Paraná, quem saiu vitoriosa.
 
Na disputa masculina, o confronto da grande final foi entre os catarinenses e a dupla do Pernambuco, Eduardo Ramos (Colégio Antenor Simon) e Gustavo Carvalho (Colégio Equipe). E foram os representantes de Santa Catarina que venceram e ficaram com o título. A partida terminou em 3 sets a 0 (11/9, 11/6 e 11/4) para Guilherme e Lucca.

“Nós entramos firmes, porque sabíamos que poderia ser um jogo difícil. Na partida, como eles não são uma dupla que tem a característica de atacar quando vem uma bola alongada, a gente tentou alongar as bolas em diversos momentos para a bolinha voltar para gente”, analisou Guilherme.
 
Depois do título conquistado, Lucca fez questão de agradecer e dedicar o título para as pessoas que o ajudou.
 
“Eu queria agradecer a minha família pela torcida, ao Bruno Costa, que é o nosso treinador aqui, além dos técnicos Anderson Oliveira e Georgia Bertoldi que sempre me ajudaram bastante”, agradeceu.
 
No feminino, houve uma reedição da decisão por equipes entre Paraná e Rio Grande do Sul – Tainara Tanaka e Thais Tanaka (ambas da E.E.E.M 10 de setembro). Se no primeiro 

dia de competições, as gaúchas saíram vitoriosas, nesta quinta-feira, foram as paranaenses que saíram com um triunfo de 3 sets a 0, com parciais de 11/5, 11/4 e 11/7.
 
Para Ana, o trabalho em equipe foi a grande diferença entre as decisões das duplas e por equipes.
 
“Hoje, nós trabalhamos mais em equipe e conseguimos colocar mais bolas na mesa. Além disso, nossos ataques entraram mais e estávamos mais soltas, por isso, tivemos menos dificuldade do que ontem”, analisou.
 
E nesta quinta-feira, os Jogos Escolares ainda terão mais uma dupla campeã com as disputas das duplas mistas na parte da tarde.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br