Jogos Olímpicos: Brasileiras lutam, mas não conseguem bater chinesas nas equipes e estão fora da Rio 2016

12/08/2016 11:54

Foto: Christian Martinez/ CBTM

Equipe da China venceu o confronto por 3 jogos a 0

Alexandre Araújo, no Rio de Janeiro (RJ) - 12/8/2016

As meninas do Brasil foram guerreiras e lutaram bastante, mas acabaram eliminadas na primeira fase do torneio de equipes, após perder por 3 a 0 para a China, franca favorita ao título. Nas disputas individuais, nesta sexta-feira (12), Lin Gui encarou Shiwen Liu, enquanto Bruna Takahashi teve pela frente Xiaoxia Li, medalha de prata no individual. Já a dupla formada por Lin Gui e Caroline Kumahara enfrentou Shiwen Liu e Ding Ning, que foi medalha de ouro no individual.

Novamente, a torcida apoiou nossas jogadoras e mandou boas vibrações para a mesa. E, tentando corresponder ao carinho dos presentes, Lin Gui começou com tudo e chegou a estar na frente no primeiro set. Quando estava empatado em 8 a 8, porém, Shiwen Liu conseguiu impor um ritmo mais forte e fechou em 11/8. Nos outros dois sets, a atleta chinesa fez um jogo com mais acertos e acabou fechando o segundo e terceiro set em 11/5 e 11/3, respectivamente.

Estreante em Olimpíada, a jovem Bruna Takahashi, de apenas 16 anos (atleta mais nova da delegação brasileira nesta Rio 2016), não se intimidou com a medalha conquistada pela oponente nas disputas individuais e fez um bom jogo. No primeiro set, após a chinesa conseguir uma certa vantagem, Bruna se recuperou e chegou a empatar, mas Xiaoxia Li fechou em 11/8. Bruna voltou ainda melhor para o segundo set, arriscando algumas bolas e fazendo bonitos pontos, porém, errando mais, Xiaoxia Li venceu por 11/7. Já no terceiro, Bruna não conseguiu repetir a atuação anterior e acabou derrotada por 11/1.

Caroline Kumahara e Lin Gui foram à mesa na tentativa de começar uma reação brasileira no confronto, mas acabaram esbarrando no bom entrosamento das chinesas. As nossas atletas suaram a camisa em busca do bom resultado, mas as chinesas conseguiram vencer por 3 a 0, com parciais de (11/1; 11/4 e 11/4).

Mesmo com o resultado, as nossas representantes foram ovacionadas pela torcida presente ao Riocentro e devolveram o carinho com agradecimentos, fotos e autógrafos.

Apesar da eliminação, a participação do tênis de mesa feminino na Rio 2016 é para se aplaudir. No individual, Caroline Kumahara derrotou a australiana Melissa Tapper por 4 sets a 2 e Lin Gui bateu a espanhola Galia Dvorack pelo mesmo placar. Depois, Carol acabou perdendo para Ni Xialian, de Luxemburgo,  e Lin Gui teve um resultado negativo diante da romena Elizabeta Samara. 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br