Jogos Olímpicos: No aguardo da estreia na Rio 2016, jovem Bruna Takahashi espera jogar 'sem tensão'

10/08/2016 16:36
Foto: Christian Martinez/ CBTM
 
Brasileira fará a sua primeira partida no torneio por equipes, ao lado de Caroline Kumahara e Lin Gui, contra a poderosa China
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 10/8/2016
 
O Brasil já encerrou a sua participação no torneio individual feminino nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Caroline Kumahara (120ª colocada no ranking mundial) e Lin Gui (139ª colocada no ranking mundial) já foram à mesa e tiveram um bom desempenho na competição. Mas uma das nossas representantes ainda não estreou: Bruna Takahashi (181ª). Ela, que foi convocada para jogar a competição por equipes, ainda não teve o sabor de entrar no ginásio do Riocentro para representar o país.
 
A atleta de apenas 16 anos é a mais nova de toda a delegação brasileira e vai para a disputa da sua primeira Olimpíada. Bruna afirma que a primeira partida de qualquer competição é sempre nervosa, mas que vai tentar relaxar no decorrer o seu confronto.
 
"Vai ser o meu primeiro jogo e estreias são sempre partidas mais tensas, mas, conforme vai passando os sets, a gente vai ficando mais relaxada. Espero ter um bom desempenho”, disse a brasileira.
 
A mesatenista vai para a disputa por equipes ao lado de Caroline e Lin. Elas enfrentarão a grande potência do tênis de mesa mundial: a China. Ao assistir a alguns jogos das adversárias no torneio individual, Bruna teve a constatação de que terá um grande desafio pela frente.
 
Mas a jovem não foi para a arquibancada somente para estudar suas futuras adversárias, ela também acompanhou aos jogos das suas companheiras de equipe e pôde perceber o quão calorosa e importante é a torcida brasileira.
 
"Eu tô tentando me acostumar com a torcida. A galera que vem é incrível, às vezes, parece até que estamos em uma partida de futebol. Espero que ela compareça em peso de novo e nos ajude contra a China", comentou.
 
Ela e a equipe encaram as chinesas Liu Shiwen, Ding Ning e Li Xiaoxia, que são respectivamente a 1ª, 2ª e 5ª colocada no ranking mundial. O confronto será realizado nesta sexta-feira (12), às 10h, pela primeira rodada.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa