Jogos Paralímpicos: Danielle Rauen faz grande jogo, mas perde para polonesa e fica na quarta colocação da Classe 9

13/09/2016 18:25
Jovem brasileira, porém, afirma que deixa Rio 2016 satisfeita com o que apresentou e assegurou briga em Tóquio/2020
 
Alexandre Araújo, no Rio de Janeiro (RJ) - 13/9/2016
 
Foto: Alexandre Urch/MPIX/CPB
 
Danielle Rauen mostrou que está no nível das melhores do mundo! A jovem atleta brasileira fez um grande jogo contra a polonesa Karolina Pek, quarta no ranking mundial, e chegou a estar ganhando por 2 sets a 0, mas, com uma mudança de estratégia da adversária, acabou perdendo por 3 sets a 2 (8/11; 8/11; 11/9; 11/5 e 11/5) e ficou com a quarta colocação da Classe 9 nos Jogos Paralímpicos. 
 
Dani não escondeu a frustração pela derrota, mas ressaltou que está satisfeita com que apresentou na Rio 2016 e garantiu que vai brigar para estar no pódio nas próximas Paralimpíadas.
 
"Estou muito feliz pelo que realizei nesta competição e espero, em Tóquio 2020, conseguir essa medalha que cheguei tão perto aqui. Pode ter certeza de que vou treinar muito, me esforçar ainda mais para conseguir esse pódio", disse ela, que completou:
 
"Comecei bem na partida, abri 2 sets a 0, mas ela começou a se acostumar com meu jogo e não consegui mais dificultar tanto para ela. Mas joguei bem, fiz o que era para fazer mesmo, dei a vida nesse jogo. Consegui fazer o que eu queria".
 
A brasileira lembrou ainda o apoio que recebeu das arquibancadas do Pavilhão 3 do Riocentro durante todo o confronto e admitiu que cometeu alguns erros que foram cruciais para o resultado.
 
"A torcida me ajudou bastante, me empurrou o tempo todo. Os meus erros foram porque ela passou a acertar a mão. Tiveram algumas bolas que eu poderia não ter forçado, mas acontece", ressaltou.
 
Dani volta à mesa nesta quarta-feira (14) no torneio por equipes. A brasileira, que atua ao lado de Jennyfer Parinos e Bruna Alexandre, na Classe 6-10, encara a Alemanha, às 19h30 (horário de Brasília), pelas quartas de final.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br