Jogos Sul-Americanos da Juventude: Após seletiva, coordenador afirma que 'renovação vem forte'

10/04/2017 12:43

Lincon Yasuda ressaltou que atletas mais jovens conseguiram fazer bons jogos e conquistar vagas

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 10/04/2017

Coordenador da seleção brasileira, Lincon Yasuda acompanhou de perto a seletiva para os Jogos Sul-Americanos da Juventude, que aconteceu no último fim de semana, em São Paulo, e ressaltou que a renovação no tênis de mesa do país está acontecendo de uma forma muito positiva. Ele lembrou que no feminino, por exemplo, Livia Lima e Beatriz Kimoto - as duas atletas que conquistaram vaga - ainda estão na categoria Infantil, mas derrotaram jogadoras mais velhas. No masculino, quem ficou com a vaga foi Guilherme Teodoro e Rafael Torino,
 
Além disso, Lincon apontou a experiência que esses jovens vão ganhar ao disputar os Jogos Sul-Americanos da Juventude, que acontece no segundo semestre, em Santiago, no Chile.
 
"Foi uma seletiva interessante. O pessoal que veio da categoria Infantil está vindo forte e enfrentou de igual para igual os atletas do Juvenil. Nesse ponto, foi muito interesse pelo equilíbrio demonstrado. Prova disso é que as meninas que se classificaram foram duas da seleção Infantil, sinal de que a renovação vem forte. Guilherme foi muito eficiente durante quase todos os jogos. O Torino conseguiu se recuperar muito bem (após derrota na disputa pela primeira vaga), venceu e ficou com a vaga", disse
 
O coordenador aproveitou para lembrar também o quão importante será para estes jovens atletas participarem de uma grande competição com essa:
 
""Esses Jogos têm toda estrutura e acompanhamento do COB (Comitê Olímpico do Brasil). Além da convivência com as demais modalidades e uma rotina nos moldes de Jogos Pan-Americanos e Olímpicos. Por isso, será uma experiencia interessante aos novos atletas".
 
Vale lembrar que Guilherme Teodoro, além de conquistar a vaga para os Jogos Sul-Americanos da Juventude, também terá a chance de participar da eliminatória continental para os Jogos Olímpicos da Juventude. Bruna Takahashi será a representante no feminino.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br