Lá Fora: Harimoto se torna o mais jovem campeão da história em Circuitos da ITTF

28/08/2017 15:46
Atleta derrotou o experiente Timo Boll, da Alemanha, na final do Aberto da República Tcheca
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 28/8/2017
 
Foto: Jan Brychta/ ITTF
 
A história foi escrita no Aberto da República Tcheca. A competição, que foi disputada até o último domingo (27), presenciou o mais jovem campeão de uma etapa do Circuito Mundial de tênis de mesa de toda a história: Tomokazu Harimoto, do Japão. O jovem, de apenas 14 anos, derrotou o lendário alemão Timo Boll, de 36 anos, na decisão da competição em Olomouc.
 
Campeão, o garoto (20º colocado no ranking mundial) ressaltou que a idade não interferiu muito quando esteve à mesa. O recordista também já fez questão de projetar o título nos próximos Jogos Olímpicos, quando jogará em casa, em Tóquio 2020.
 
"Idade não importa, você tem de jogar e lutar contra qualquer um! Foi a minha segunda final em Abertos. Na primeira, eu perdi a chance de vencer (derrota para o alemão Dimitrij Ovtcharov (4º) no Aberto da Índia, em fevereiro deste ano), mas, dessa vez, eu venci. Agora, em Tóquio 2020, eu quero conquistar o ouro no individual e por equipes, porém, eu sei que tenho de me esforçar e lutar para alcançar a glória", disse o japonês em entrevista ao site da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF).
 
Na final contra Timo Boll (7º), o japonês derrotou seu adversário em um jogo de seis sets: 4 a 2, com parciais de 11/3, 4/11, 8/11, 11/9, 11/6 e 11/9.
 
Antes, Harimoto teve um embate com o melhor brasileiro do ranking mundial, Hugo Calderano, número 27 do mundo, na semifinal. A partida foi acirrada e decidida somente no sétimo set com direito a um 16 a 14 no último set. O confronto terminou 4 a 3 para o japonês, com parciais de 6/11, 12/10, 4/11, 11/4, 11/9, 9/11 e 16/14.
 
No individual feminino, o título também terminou com uma jovem do Japão. Mima Ito, de apenas 16 anos, superou a compatriota Kasumi Ishikawa por 4 a 1 (11/5, 15/13, 11/3, 9/11 e 11/4) e ficou com a medalha de ouro.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br