Lá fora: Miu Hirano vence individual no Campeonato Asiático da ITTF e faz história

17/04/2017 11:34

A jovem japonesa foi apenas a quarta atleta não chinesa a conquistar o ouro na competição

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 17/04/2017

Foto: ITTF

A etapa do Campeonato Asiático da ITTF deste ano ficará marcada na história. Isso porque, no torneio individual feminino, a coroa voltou a ser do Japão após mais de duas décadas. A jovem japonesa Miu Hirano, de 17 anos, bateu Chen Meng, da China, na final, por 3 a 0 (11/9; 11/8 e 11/7), e se tornou a quarta jogadora não chinesa a conquistar o título. Antes, apenas a japonesa Tomie Edano (1974), a também japonesa Chire Koyama (1996) e Lin Ling, de Hong Kong (2005), tinham conseguido tal façanha. E Miu Hirano tirou a dinastia chinesa em um campeonato que aconteceu em Wuxi, na China. 
 
O caminho percorrido pela jovem para a conquista não foi fácil. Hirano passou, por exemplo, por Ding Ning, campeã na Rio 2016, nas quartas de final, por Zhu Yuling, segunda do ranking mundial, na semifinal, e bateu Chen Meng na decisão.
 
"Estou muito feliz e surpresa com a vitória. Eu nunca tinha pensado que poderia derrotar as chinesas, muito menos derrotar três delas consecutivamente. Anteriormente, eu nunca tinha ganho um jogo contra a Ding Ning", disse Miu Hirano, que fez parte da Liga Chinesa na última temporada:
 
"Aprendi muito com minha participação na Superliga chinesa no ano passado. Acho que minhas melhorias, definitivamente, têm a ver com isso. Os chineses têm grandes habilidades e técnicas e essa competição me fez sentir que a diferença entre nosso nível se estreitou. Vou trabalhar mais para fazer a diferença ainda menor". 
 
No masculino, o chinês Fan Zhendong levou a melhor sobre o coreano Sangeun Jeong ao vencer a final por 3 a 0 (11/5; 11/5 e 11/8) e garantiu o ouro.
 
Nas duplas, a China confirmou o favoritismo e foi campeã de todos os torneios, masculina, feminina e mista. Na masculina, Fan Zhendong e Lin Gaoyuan garantiram o lugar mais alto do pódio ao bater os também chineses Fang Bo e Zhou Yu por 3 a 1 (5/11; 11/6; 11/7 e 11/6). No feminino, a decisão foi também entre chinesas: Zhu Yuling e Chen Meng derrotaram Wang Manyu e Chen Ke por 3 a 1 (11/8; 6/11; 11/7 e 11/9). Já nas duplas mistas, Zhou Yu e Chen Xingtong passaram pelos japoneses Masataka Morizono e Mima Ito por 3 a 1 (11/9; 11/7; 9/11 e 11/8).
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa