Latino-Americano: Lin Gui e Caroline Kumahara vão duelar pelo título individual em Porto Rico

07/02/2016 17:48

Brasileiras superaram as compatriotas Bruna Takahashi e Ligia Silva nas semifinais e chegam em diferentes momentos

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 07/02/2016

Após garantir um pódio totalmente brasileiro no torneio individual feminino do Campeonato Latino-Americano, em San Juan (Porto Rico), a seleção brasileira conheceu as finalistas neste domingo (7): Lin Gui e Caroline Kumahara. Elas duelarão às 19h30 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo do canal da ITTF no Youtube.

Para assistir à final feminina, clique aqui.

A primeira a garantir vaga na grande decisão foi Carol Kumahara (139ª colocada no ranking mundial). Ela superou Ligia Silva por 4 a 0 (11/3, 11/5, 11/8 e 11/7) em uma das semifinais brasileiras.

"É sempre difícil jogar contra a Ligia, nós jogamos juntas há muito tempo, o placar não importa. Para a final, vou tentar me aquecer bem e pensar nas partidas que já joguei contra minha adversária", afirmou, após o confronto.

Na sequência, Lin Gui (130ª) derrotou Bruna Takahashi (158ª) em uma bela partida, que a todo momento arrancou aplausos do público presente. Após vencer os dois primeiros sets (11/5 e 11/7), Lin viu a jovem de 15 anos crescer.

Bruna venceu a terceira parcial (11/8), mas Gui voltou a ficar na frente (11/9). Incansável, Bruna evitou o fim da partida com mais um 11/8. No fim, as duas protagonizaram uma última parcial eletrizante, que terminou com vitória da atual campeã por 12/10, totalizando 4 a 2 no placar.

"Ela foi ficando mais agressiva e eu me mantive passiva, querendo só colocar a bola na mesa. Mas aí ela passou a me pressionar, isso foi um erro meu, tive uma queda na concentração. Agora a final vai ser muito difícil, porque a gente se conhece muito", declarou a finalista.

Na decisão, Lin Gui defenderá o título que conquistou em 2015, na ocasião contra a mexicana Yadira Silva. Já Carol busca outro ouro neste final de semana, já que no sábado (6), foi campeã das duplas mistas ao lado de Vitor Ishiy. Juntas, as quatro brasileiras conquistaram a sexta taça consecutiva da seleção no torneio por equipes.

As campanhas das brasileiras na fase final

Ligia Silva bateu a venezuelana Gremlis Arvelo (267ª colocada no ranking mundial) por 4 a 0 (11/9, 11/4, 11/8 e 11/7) nas oitavas de final e na sequência superou a principal jogadora local, Adriana Díaz, por 4 a 3 – parciais de 7/11, 11/8, 9/11, 8/11, 11/4, 11/9 e 11/9.

Caroline Kumahara venceu a uruguaia Maria Lorenzotti nas oitavas, por 4 a 1 (5/11, 11/6, 11/6, 11/7 e 11/5). Depois, derrotou a chilena Paulina Vega pelo mesmo placar (11/7, 12/10, 7/11, 11/5 e 11/3).

Mais jovem dentre as quatro, Bruna Takahashi triunfou sobre a chilena Katherine Low (301ª) por 4 a 1 (11/6, 13/11, 11/9, 10/12 e 14/12) nas oitavas de final. Assim como Ligia, fez um duelo disputado nas quartas, mas venceu a colombiana Paula Medina (225ª) por 4 a 3, parciais de 11/9, 11/7, 6/11, 9/11, 8/11, 11/8 e 11/5.

A vice-campeã pan-americana Lin Gui (130ª), bateu a argentina Ana Codina por 4 a 1 (5/11, 11/6, 11/9, 11/9 e 11/9) nas oitavas, enquanto na fase seguinte garantiu a medalha diante da mexicana Yadira Silva, numa reedição da final da última temporada – 4 a 2, parciais de 8/11, 13/11, 11/7, 9/11, 11/7 e 15/13.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/TMBrasil
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br