Latino-Americano Mirim/Pré-Mirim: Brasil conquista três ouros nos torneios por equipes

27/09/2017 18:06

Times Sub-13 feminino e Sub-11 e Sub-13 masculino chegaram ao lugar mais alto do pódio

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 27/09/2017

Foto: ITTF

O Brasil conquistou três medalhas de ouro no torneio de equipes do Latino-Americano Mirim/Pré-Mirim, que acontece no Paraguai. Os times Sub-13 feminino e Sub-11 e Sub-13 masculino chegaram ao lugar mais alto do pódio e, assim, a delegação verde e amarela levou três dos quatro títulos possíveis nesta etapa da competição. As duas equipes do Sub-11 feminino acabaram caindo nas quartas de final.
 
Os atletas brasileiros ainda vão estar no torneio de duplas masculinas, duplas femininas, duplas mistas e individual.
 
Na final do feminino Sub-13, o Brasil venceu o Peru B por 3 jogos a 1, de virada. Beatriz Kanashiro foi a primeira a ir à mesa e encarou Alejandra Prieto, perdendo por 3 sets a 0 (14/12; 11/4 e 11/5). Depois, Giulia Takahashi bateu Lucciana Cisneros por 3 a 1 (8/11; 11/7; 116 e 11/7), deixando o confronto empatado. Nas duplas, vitória verde e amarela por 3 a 0 (11/4; 12/10 e 11/4). Com a vantagem no placar, Takahashi voltou a atuar e decretou o triunfo brasileiro ao bater Alejandra por 3 a 0 (11/3; 11/9 e 11/3).
 
Já na disputa pelo ouro no Sub-13 masculino, o Brasil superou o México por 3 partidas a 0. Gustavo Gerstmann iniciou os trabalhos e deixou para trás Rogelio Castro por 3 sets a 0 (11/8; 12/10 e 11/6). Joon Shim encarou Leonardo Perez e ampliou a vantagem ao vencer por 3 a 1 (2/11; 12/10; 11/5 e 11/5). Nas duplas, triunfo por 3 a 0 (11/4; 11/8 e 11/2).
 
Na decisão do Sub-11 masculino, o time verde e amarelo derrotou o Peru A por 3 jogos a 1. Leonardo Iizuka, que conquistou o Hopes Continental no último domingo, deixou o Brasil em vantagem ao bater Julio Villar por 3 sets a 0 (11/2; 11/3 e 11/5). Na continuação do confronto, Guilherme Marchiori foi superado por Renzo Zeballos por 3 a 1 (11/5; 11/6; 6/11 e 11/9). Nas duplas, nova vitória verde e amarela, e novamente por 3 a 0 (15/13; 11/7 e 11/7). Iizuka enfrentou Zeballos e assegurou o ouro ao vencer por 3 a 1 (11/5; 7/11; 11/1 e 11/7).
 
No Sub-11 feminino, as duas equipes brasileiras acabaram sendo eliminadas nas quartas de final. O Brasil A, Mahayla Sardá e Karina Shiray, perdeu para a Guatemala por 3 jogos a 0, enquanto o Brasil B, de Beatriz Fiore e Maria Chiquetto, foi derrotado pelo Equador, pelo mesmo placar. 
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br